Pesquisar este blog

Carregando...

Prevenção e combate Dengue, Chikungunya e Zika

Publicidade

Publicidade

Arquivo do blog

Você é muito importante para nós. "Sejam Bem Vindos"

Facebook

SANTO DO DIA

SANTO DO DIA
HISTÓRIA - (Profundo conhecedor das Sagradas Escrituras e dotado de uma grande cultura humanística, os seus escritos são notáveis pelo vigor e estilo apurado, e pela clareza e precisão de pensamento. As obras possuem grande relevância contra a doutrina herética, e outros textos cristológicos e trinitários. Sua obra, em especial a "Advertência aos hereges" teve uma grande difusão e repercussão, atingindo os nossos dias. Enaltecido pelos católicos e protestantes, porque traz toda a doutrina dos Padres analisadas nas fontes da fé cristã e todos os critérios da doutrina ortodoxa, Vicente era um grande polemista, respeitado até mesmo por são Jerônimo, futuro doutor da Igreja, seu contemporâneo. Os dois travaram grandes debates através de uma rica corresponderia, trazendo luz sobre muitas divergências doutrinais.)

malvinas-news.blogspot.com.br

Calendário

terça-feira, 24 de maio de 2016

Carta que seria do Comando Vermelho pede fim de matança em presídios do Ceará

Malvinas News Nosso portal de notícias
Policia
"Crise no Sistema Prisional"

Oito presídios do Ceará tiveram rebeliões neste sábado (21) (FOTO: Reprodução Whatsapp)
Oito presídios do Ceará tiveram
rebeliões neste sábado (21)
 (Foto: Reprodução Whatsapp)
Após um fim de semana turbulento em diversas unidades prisionais do Ceará, supostos integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) enviaram uma carta aos detentos pedindo o fim das rebeliões e mortes dentro dos presídios. De acordo com a carta, a determinação serve para evitar que aconteça no sistema penitenciário do Ceará o que ocorreu na chacina do Carandiru, em São Paulo.
Na carta, propagada por meio do aplicativo de mensagens Whatsapp neste domingo (22), o grupo pede aos “companheiros que fecham com o Comando Vermelho que parem com os homicídios para evitar um derramamento de sangue dentro do presídio”.
A família CV vem através desse salve pedir a todas as unidades que parem com as matanças. Temos decretos a serem concluídos, mas temos que ter a visão de que se continuarmos matando todos os desafetos, as penitenciárias vão se tornar uma piscina de sangue e, logo depois, podemos perder vários irmãos, pois a polícia, assim como todos os órgãos que são submetidos aos trabalhos do governo, está entrando dentro das unidades pronta para matar”, diz trecho da carta.
Ainda conforme a determinação da carta, o aviso é destinado aos internos que estão nas unidades prisionais CPPL I, II, III e IV, em Itaitinga, além da Unidade Prisional de Caucaia, conhecida popularmente como ‘Carrapicho’. Os integrantes do CV afirmam que estão lutando por benefícios. “Estamos lutando por benefícios e não por sangue. Juntos somos mais fortes. Então, a família vem pedir força da massa para poder parar com o derramamento de sangue para evitar algo parecido com o que eles fizeram no antigo Carandiru”, conclui. 
Rebeliões
Depois dos agentes penitenciários decretarem greve geral neste fim de semana e impedirem a entrada de familiares dos detentos na visita semanal, neste sábado (21), diversos internos iniciaram rebeliões nas unidade prisionais do Ceará. A Polícia Militar foi acionada para garantir a segurança na visita dos familiares nos presídios, mas o protesto dos agentes penitenciários levou a conflito com os PMs na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) 1. No mesmo complexo prisional, também houve rebelião no Sanatório Penal Professor Otávio Lobo.
Em outro complexo prisional de Itaitinga, houve rebeliões nas Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) 2, 3 e 4. Na CPPL 2, detentos atearam fogo em colchões e quebraram parte da estrutura interna. O Corpo de Bombeiros teve de entrar na unidade para controlar as chamas. A situação só foi ser controlada após os agentes penitenciários decretarem fim da greve. A principal reivindicação da categoria era o reajuste de 100% da gratificação por atividade de risco. A categoria aceitou a contra-proposta de reajuste escalonado e, após 19h, decretou fim da paralisação.
Mortes
Segundo a Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus), cinco internos foram mortos durante as rebeliões. No entanto, conforme a Perícia Forense, oito internos teriam sido mortos durante os conflitos.
Tribuna do Ceará apurou que o número real de mortos dentro das unidades prisionais não condiz com a contabilidade divulgada pelos órgãos. Uma fonte do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, estima que pelo menos 26 internos teriam sido mortos nestas unidades prisionais desde o fim de semana.
Fonte: Tribuna do Ceará


Número de detentos mortos em rebeliões sobe para 18, conforme a Sejus

Malvinas News Nosso portal de notícias
Polícia
"Crise no Sistema Prisional"

Os confrontos que terminaram em morte se deram,
no último fim de semana
(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)
Análises realizadas pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce) nos corpos recolhidos durante a sequência de rebeliões ocorridas nas penitenciárias da Região Metropolitana de Fortaleza contabilizaram 18 vítimas. 

Dez corpos não puderam ser identificados e serão submetidos a exames de DNA. A Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) informa que todas as mortes foram decorrentes dos conflitos entre internos, ocorridos sábado (21) e domingo (22). 

Segundo a Instituição, o último confronto registrado nas unidades foi no fim da última segunda-feira (23), na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, em Caucaia. Policiais militares e agentes penitenciários entraram na unidade para fazer a contenção. Ninguém ficou ferido. 

Conforme a Sejus, a transferência emergencial de internos para o Centro de Execução Penal e Integração Social, que está em construção, teria acontecido com o objetivo de resguardar a integridade física dos internos, que foram ameaçados por outros detentos. A secretaria declarou a penitenciária está com 95% das obras finalizadas.

Fonte: Diário do Nordeste


Barbalha - CE: Jovem sequestrado no ultimo sábado pode ter sido encontrado morto

Malvinas News Nosso portal de notícias
Polícia
"Jovem Sequestrado"


Francisco Anderson Silva dos Santos de 27 anos
(Foto: Reprodução)
Jovem Francisco Anderson Silva dos Santos, de 27 anos, residente no bairro do Rosário em Barbalha. Sequestrado no ultimo sábado, dia 14 em Barbalha, pode ter sido encontrado morto, porém o corpo não pode ser reconhecido devido o avançado estado de decomposição.

Porém as vestes são semelhantes as que o Francisco usava quando saiu de casa.

O corpo se encontra em uma das geladeiras do IML (Instituto Médico Legal), de Juazeiro do Norte, cuja identificação será feito através de exame de DNA. De acordo com informações familiares já compareceram ao IML para colher material genético. O exame deve ser divulgado nos próximos dias.



Diocese de Quixadá afasta padre acusado de engravidar jovem de 15 anos em Quixeramobim

Malvinas News Nosso portal de notícias
Ceará
"Escândalo" 

Um escândalo envolvendo o pároco da Paróquia de São Francisco do Bairro da Maravilha, em Quixeramobim, Pe. Vitoriano Campos, tem sido um dos assuntos mais comentados no município desde o final de semana.

O fato é que o sacerdote teria mantido um relacionamento com uma adolescente de 15 anos e que possivelmente essa relação acontecia desde quando a garota tinha apenas 14. Com a notícia da gravidez da jovem, recaiu sobre ele a suspeita da paternidade da criança, o que só será confirmado através de um exame de DNA. Ocorre que com a divulgação do fato e sentindo-se intimidado, o padre resolveu deixar o município. Fiéis da Paróquia não souberam informar para onde Campos teria ido.

O fato chegou ao conhecimento da Diocese de Quixadá, e o Bispo Dom Ângelo Pignoli esteve na Paróquia da Maravilha, na tarde deste domingo, 22, onde realizou um encontro com moradores para dar alguns esclarecimentos sobre o ocorrido. 

Dom Ângelo informou que Vitoriano Campos está suspenso da ordem e não exercerá mais a função de padre até que o Vaticano  julgue o caso.

Com o afastamento do sacerdote, a Paróquia encontra-se sem pároco, e Dom Ângelo designou que padre Tiago, da Catedral de Quixadá, auxilie temporariamente na realização de missas e encontros no templo religioso. 

A reportagem entrou em contato com o delegado de Polícia Civil, Salviano de Pádua, que informou não haver nada oficialmente registrado, mas o caso deverá ser analisado. Se a Polícia comprovar que o padre manteve relacionamento com a jovem antes dos 14 anos, ele poderá responder criminalmente por estupro de vulnerável.

Durante a reunião com os paroquianos, o bispo teria afirmado que a Diocese prestará todo auxílio a menor e à sua família, inclusive psicológico.

Fonte: Sistema Maior



Barbalha- CE: Atentado a bala na Vila São João no Sítio Brejinho

Malvinas News Nosso portal de notícias
Polícia
"Atentado a Bala"

Entrada da Vila São, Sítio Brejinho
Zona Rural  Barbalha
Foto: Google Maps
No início da madrugada de ontem, na Vila São João no Sítio Brejinho zona rural do município de Barbalha, foram efetuados quatro disparos de revólver contra a residência onde estava o menor de iniciais A. J. F., de 17 anos. 

É a casa de sua avó e o adolescente disse à polícia que, momentos antes na festa do Pau da Bandeira no Distrito de Missão Nova município de Missão Velha, tinha discutido com José dos Santos Matias, de 27 anos, o “Bidim”, e Alexandro Miguel Vitorino de Souza, de 23 anos, ambos residentes na Vila São João e não foram localizados.

"Lembrando que dia 19 de junho, haverá Pau da Bandeira, na localidade em louvor á São João Batista, Comunidade e segurança publica deverá ficar sob alerta".



Ministro do STF quer fim do foro privilegiado

Malvinas News Nosso portal de notícias
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal)
Luís Roberto Barroso
 (Foto: Alan Marques /Folhapress )
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso defendeu nesta segunda-feira (23) as punições para os crimes de colarinho branco e o fim do foro privilegiado. 

Ele é um dos convidados do "Fórum Veja", promovido pela revista em São Paulo. "É preciso acabar ou reduzir o foro privilegiado, ou reservá­lo apenas a um número pequeno de autoridades. É um herança aristocrática", disse Barroso. O ministro enfatizou que o processo do mensalão durou um ano e meio e ocupou mais de 60 sessões do STF. 

"O foro privilegiado leva geralmente à impunidade porque é demorado", justificou. Ele afirmou que prazo médio do recebimento de uma denúncia pelo Supremo é de 617 dias, "ao passo que no juízo de primeiro grau o recebimento é de cerca de uma semana". Segundo Barroso, há hoje 369 inquéritos e 102 ações penais contra parlamentares. 

Após revelar os números, o ministro defendeu a criação de uma vara especial em Brasília (DF) para julgar políticos com foro. Ela teria à frente um juiz escolhido pelo STF para centralizar as ações penais com um mandato de dois anos e auxiliares para ajudá­lo. 

Barroso falou sobre as heranças da história do Brasil que fomentam a corrupção e disse que uma das principais "vicissitude é o inigualitarismo". 

"No Brasil é mais fácil colocar na cadeia um menino de 18 anos por 100 gramas de maconha do que um agente público que tenha praticado una fraude de alguns milhões". 

GRAVAÇÃO ROMERO JUCÁ 

Barroso também comentou a gravação revelada nesta segunda pela Folha em que o ministro Romero Jucá sugere um pacto para deter o avanço da Lava Jato. 

"Acho que é impensável, nos dias de hoje, supor que alguém tenha, individualmente, a capacidade de paralisar as instituições ou pensar que qualquer pessoa tenha acesso a um ministro do STF para parar determinado jogo", disse o ministro.

Fonte: Folhapress 



Série de rebeliões em penitenciárias cearenses já contabiliza 15 mortes

Malvinas News Nosso portal de notícias
Policia
"Crise no Sistema Prisional"

Ontem, parentes de presos permaneceram no Complexo
em busca de notícias. No fim da manhã,
 um grupo teve permissão para entrar
 (Foto: Natinho Rodrigues/Diário do Nordeste)
A sequência de rebeliões ocorridas em presídios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) registrou 15 mortes até ontem. A reportagem apurou que o último cadáver encontrado foi recolhido carbonizado, na manhã de ontem, na Unidade Prisional Adalberto de Oliveira Barros Leal, conhecida como ´Carrapicho´, em Caucaia.

 De acordo com o secretário-adjunto da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), coronel Lauro Carlos de Araújo Prado, todas as mortes foram motivadas por "pendências, geradas dentro ou fora dos presídios", que foram cobradas em meio ao tumulto. 

As questões podem estar ligadas ao tráfico de drogas e à punição de delatores. "Esses pessoas mortas já estavam ´sentenciadas´ no ´tribunal´ da prisão. São detentos que planejavam invadir territórios do tráfico de drogas de outros criminosos e também os chamados ´caguetes´. Em todo lugar que exista relação humana é preciso que existam também regras de convivência e no presídio não é diferente. Só que lá as punições para quem infringe as regras são muitos mais severas que as daqui de fora. Eles punem tirando a vida, espancando, mutilando", explicou o coronel Lauro Prado. 

Na Penitenciária do Carrapicho e nas Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPLs) I e II ocorreram quatro mortes em cada uma; na CPPL III foram duas execuções; na CPPL IV apenas uma. Entre os internos mortos está Luan Brito da Silva, 21. Ele era filho de Carlos Alexandre Alberto da Silva, o ´Castor´, preso por comandar o episódio conhecido como ´Chacina da Cinquentinha´, ocorrida agosto de 2015, em Fortaleza. Conforme as investigações da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Luan Brito fazia parte do bando do pai. ´Castor´ foi morto em dezembro de 2015, na Unidade Prisional Luciano Andrade Lima, a antiga CPPL I, em Itaitinga.

 Os outros mortos já identificados são Paulo César de Oliveira, 46, respondia por tráfico; Francisco Clenildo Felipe Costa, 40, preso por furto; Daniel Henrique Maciel dos Santos, 26, acusado de homicídio e roubo; Diego Martins da Silva, 31, respondia por roubo; Roberto Bruno Agostinho da Silva, 23, preso por homicídio; Rian Pereira Paz, 33, acusado de tráfico; e Daniel de Sousa Oliveira, 22, também processado por homicídio e roubo. Seis detentos não foram identificados, diante da situação em que ficaram os corpos, e passarão por exames da Pericia Forense do Ceará (Pefoce). 

O agente penitenciário Rafael Magno, da Comissão de Negociação do Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Ceará (Sindasp­ Ce), disse que houve uma fuga, no último domingo, na antiga CPPL I. Segundo ele, os detentos teriam escapado por um túnel. 

"O processo para que seja feita uma vistoria completa e a contagem minuciosa dos presos será demorado. Do jeito que as coisas estão fica até difícil dizer quantos fugiram ou foram mortos", afirmou Magno. A Sejus informou que não há confirmação de fuga. 

Movimentação

Defronte ao Complexo Penitenciário de Itaitinga muitas mulheres passaram o dia de ontem esperando notícias dos companheiros e familiares. Sempre ladeadas por um cachorro a quem chamam de ´Liberdade´, elas disseram que só sairão de lá quando as unidades estiverem calmas. "Juntando as vezes que meu filho esteve preso dá uns dez anos. Nunca tinha visto as coisas desse jeito. Isso aqui é um massacre.

 Sempre teve muita coisa errada, mas nem imaginava que chegasse a esse ponto", disse uma pescadora, que não quis se identificar. A companheira de um detento, que responde por roubo, entrou em contato com ele por telefone e o homem falou com a reportagem. "Isso não é coisa de facção, não é PCC, nem nada disso. 

Isso é a indignação da massa carcerária que não aguenta mais ser tratada como bicho. Hoje teve gente surrada até passar mal, na CPLL IV, por causa de um pedaço de pão, porque não tem para todo mundo. Isso aqui só piora. Nós avisamos que uma grande revolução estava vindo. E agora estão acreditando na gente?", indagou.

Fonte: Diário do Nordeste



segunda-feira, 23 de maio de 2016

Fim de semana com três homicídios em Jati, Crato e Caririaçu e mais três mortes em acidentes de trânsito

Malvinas News Nosso portal de notícias
Policia
Balanço da Violência do Final de Semana"


Subiu de cinco para sete o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região metropolitana do Cariri. 

Neste foram três homicídios, três mortes em conseqüência de acidentes de trânsito e uma vítima de queda de uma carroça. 

O Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte, recebeu dois corpos de Juazeiro e os demais de Crato, Jati, Caririaçu, Várzea Alegre e Salitre.

Duas mortes ocorreram ainda na noite de sexta-feira (20), uma no sábado (21), e quatro neste domingo (22).

Relatório:
Juazeiro do Norte:

Por volta das 18 h 30 min desta sexta-feira, a aposentada Maria do Socorro da Silva, de 65 anos, que residia no cruzamento da Avenida Castelo Branco com a Rua Manoel Lopes Bezerra (Bairro Novo Juazeiro) foi atropelada por uma moto e morreu. 

O acidente aconteceu na Avenida Castelo Branco perto da Igreja Menino Jesus de Praga e o piloto fugiu. 

Populares fizeram manifestação e atearam fogo em pneus e pedaços de paus fechando a via alegando que já houve muitos acidentes ali com vítimas fatais a exemplo de Dona Socorro. 

Os moradores cobram sinalização como lombada ou um semáforo para determinar a redução na velocidade dos veículos.

Por volta da meia noite ainda deste domingo morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri Mário Augusto da Silva Costa, de 42 anos, que residia na Rua São Damião, 48 no bairro Santa Tereza em Juazeiro. 

Ele estava internado desde o dia 22 de abril quando, às 21h30min, capotou o carro numa estrada vicinal em Caririaçu, cujo acidente gerou a fratura do fêmur e escoriações pelo corpo. 
Mário foi socorrido ao HRC, mais não resistiu aos ferimentos e morreu, um mês depois.

Crato:

Na travessa Rui Barbosa (Bairro Alto da Penha) em Crato, Caio Muniz do Nascimento, de 18 anos, o “Menor Caio”, foi morto com seis tiros. 

Ele residia em Iguatu e cumpria medida sócio­ educativa no Centro Educacional São Miguel em Fortaleza de onde fugiu dia 18 de maio juntamente com outros 10 internos. 

Em virtude de inimizades, optou por não voltar para Iguatu e, desde sexta - feira, estava morando na casa de uma cunhada no bairro Vila Lobo.

Jati:

Às 10 horas de sábado, dentro do banheiro de um casebre abandonado no Sítio Balanço em Jati, foi encontrado o corpo do ex­presidiário Marcelino Lima da Silva, de 28 anos, que residia na Rua Assunção (Bairro COHAB) em Salgueiro (PE). 

Ele foi sequestrado na sexta-feira perto de sua casa por homens encapuzados que o jogaram dentro de um carro e fugiram. 

O corpo apresentava sinais de espancamento no rosto e lesões à bala.
Marcelino era acusado do tráfico de drogas e deixou o presídio de Salgueiro há um mês.

Caririaçu: 

Na primeira hora da madrugada deste domingo, na Vila Valença em Caririaçu, o menor José Cirilo dos Santos, de 16 anos, que residia na localidade, foi morto a tiros. 

Segundo a polícia, ele tinha sido apreendido em duas oportunidades, sendo um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por crime contra a família e um inquérito por furto contra André França do Vale praticado juntamente com um colega identificado apenas como “João Paulo” em março do ano passado. 

Ele respondia ainda dois processos que corriam em segredo de justiça. 

Várzea Alegre: 

No Sitio Jatobá (Distrito de Canidezinho) em Várzea Alegre, o agricultor Raimundo Nonato da Silva, de 20 anos, morreu em consequência de acidente de trânsito. 

Ele pilotava á moto Honda CG 125 Fan KS de cor preta e placa ORY ­9037 quando perdeu o equilíbrio e caiu na estrada tendo morte imediata. 

O estudante Leonardo Rodrigues de Moura, de 21 anos, viajava na garupa e sofreu várias escoriações pelo corpo além de fratura na clavícula sendo socorrido ao Hospital Regional do Cariri.

Salitre

Ás 17 horas morreu na UTI do Hospital Santo Antonio de Barbalha o aposentado Severino Tavares de Oliveira, de 69 anos, que residia no Sítio Alecrim em Salitre. 

Ele trabalhava como carroceiro e sofreu uma queda do veículo, o fato aconteceu no ultimo dia 15 de maio sendo socorrido às pressas por familiares ao hospital onde faleceu exatamente uma semana depois em virtude do traumatismo craniano.


Fim de semana sangrento em complexo penitenciário

Malvinas News Nosso portal de notícias
Polícia
"Rebelião"

Sejus confirmou cinco vítimas; número pode aumentar com a
identificação de corpos mutilados encontrados
 (Foto: Fabiane de Paula/Diário do Nordeste)
Presos assassinados, carbonizados, corpos mutilados e sequer quantificados, muito menos, identificados. Agentes penitenciários em greve, na iminência de um conflito armado com a Polícia Militar.

Familiares tensos, sem informações e proibidos de visitar os parentes. Rodovia bloqueada, pedras, pneus, fumaça e fogo. 

As cenas, dignas de ficção, ocorreram no último fim de semana nas unidades penitenciárias de Fortaleza e Região Metropolitana. 

Com a greve dos agentes penitenciários no sábado (21), as visitas aos presos foram suspensas, resultando em rebeliões no Complexo Penitenciário de Itaitinga. 

Houve acerto com o governo e os grevistas retornaram às funções, mas não conseguiram impedir que novos conflitos ocorressem, deixando um verdadeiro rastro de sangue por entre os pavilhões. 

Até o fechamento desta edição, cinco mortes haviam sido confirmadas pela Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), ocorridas no sábado e no domingo (22). Há informações, de fontes ligadas à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que o número de vítimas seria ainda maior: corpos mutilados foram encontrados e, por isso, o número de vítimas seria ainda impreciso.

A greve dos agentes penitenciários foi considerada ilegal pela Justiça ainda na sexta-feira (20). 

Os profissionais, no entanto, mantiveram a paralisação, no sábado.

Com isso, a entrada das visitas aos presos foi impedida, apesar de haver reforço da Polícia Militar, acionada justamente para garantir o direito dos presidiários à visitação. 

A revolta então teve início, dentro e fora das unidades. 

Na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) IV, por exemplo, familiares chegaram a depredar vidros do lado de fora e bloquearam a BR­116, no trecho que dá acesso ao presídio, gerando transtornos ao trânsito.

Do lado de dentro, houve acirramento de ânimos. 

Na CPPL III, ocorreu luta corporal entre os presos, resultando nas mortes de dois detentos. As identificações deles, no entanto, só serão divulgadas após exame de DNA, segundo informou a Sejus. 

Do lado de fora das unidades, a tensão entre agentes, policiais e familiares, por pouco, também não terminou em tragédia. 

A Polícia teria sido impedida de entrar nas unidades e houve o temor de um confronto armado. 

Acordo

 Ainda na tarde de sábado, após assembleia, os grevistas aceitaram a proposta do governo do Estado e decidiram retornar às atividades. 

Contudo, mesmo com os agentes voltando às atividades, os ânimos dos presos novamente ficaram acirrados.

Durante a manhã de domingo, houve rebelião na Unidade Prisional Desembargador Francisco Adalberto Barros de Oliveira Leal, em Caucaia. Com isso, a visitação, que estava prevista para acontecer, foi suspensa, conforme a Sejus. 

Os conflitos entre os próprios internos resultaram em três mortes. As vítimas foram identificadas como Roberto Bruno Agostinho da Silva, 23 anos, que respondia por homicídio; Rian Pereira Paz, 33 anos, que respondia por tráfico de drogas; e Daniel de Sousa Oliveira, 22 anos, que respondia por homicídio e latrocínio. 

A situação teve intervenção da Polícia e foi contida ainda pela manhã. Já no início da tarde, internos da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima iniciaram uma nova rebelião. Às 17h40, policiais e agentes penitenciários dos grupos especializados conseguiram conter a situação. 

No Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, Penitenciária Francisco Hélio Viana e Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), a visitação dos internos ocorreu normalmente no domingo, de acordo com a Secretaria. 

Apuração O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) informou que irá apurar a autoria e responsabilidades dos crimes de homicídio e danos ao patrimônio público que ocorreram nas unidades penitenciárias durante as rebeliões no fim de semana. 

O Procurador ­Geral de Justiça, Plácido Barroso Rios determinou a instauração do procedimento. 

O Ministério Público também irá investigar o possível cometimento de crime de desobediência por parte do Sindicato dos agentes, já que o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ­CE), através de liminar, havia suspendido a greve, declarando ­a ilegal.

A reportagem tentou contato por telefone na noite de ontem com o presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp­ CE), Valdomiro Barbosa, mas as ligações não foram atendidas. 

Nos dois dias, a promotora corregedora dos presídios em Fortaleza, Joseana França e a coordenadora do Centro de Apoio Operacional Criminal (CAOCRIM), promotora Flávia Unneberg, acompanharam as rebeliões nos presídios. 

Visitas Ainda na noite de ontem, vários familiares permaneciam do lado de fora do complexo penitenciário, aguardando informações sobre os parentes. Segundo o juiz corregedor dos presídios de Fortaleza, César Belmino, as visitas que não ocorreram durante o fim de semana por conta da suspensão e dos conflitos, serão remarcadas para outra data, não havendo prejuízo ao direito de visitação dos detentos.

Fonte: Diário do Nordeste



domingo, 22 de maio de 2016

'Estou profundamente abalada e triste', diz Ana Hickmann

Malvinas News Nosso portal de notícias
"Entretenimento/ Televisão"
"Atentado em Hotel"

Fã foi morto após ameaçar a apresentadora

 em hotel de Belo Horizonte.
Cunhado é suspeito de atirar no fã; 

polícia investiga como legítima defesa

(Foto: Reprodução G1 BH)
Ana Hickmann declarou, por meio de nota divulgada por sua assessoria neste domingo (22), que está "profundamente abalada e triste" com o episódio que terminou com um fã morto em Belo Horizonte. O homem foi baleado após ameaçar a apresentadora e os cunhados dela.

“Nunca pensei que isso poderia acontecer! Nunca pensei que o ser humano fosse capaz disso! Foi terrível! Estou profundamente abalada e triste! Só peço que todos rezem por minha cunhada para que ela se recupere logo", afirmou. (Leia a nota na íntegra ao final da reportagem)

Rodrigo Augusto de Pádua foi morto, neste sábado (21), em um hotel na Região Centro-Sul da cidade. Gustavo Correa – que é irmão do marido de Ana Hickmann, Alexandre Correa – é suspeito de atirar no fã durante uma luta. A Polícia Civil vai investigar o caso como legítima defesa.

Em uma rede social, Gustavo classificou o caso como uma aberração. Já Alexandre, usando também a internet, chamou o irmão de herói.

O delegado de Homicídios Flávio Grossi disse que a família de Rodrigo Augusto de Pádua sabia do fascínio do jovem pela modelo. O fã, que é de Juiz de Fora, na Zona da Mata, e estava hospedado no mesmo hotel que a apresentadora, rendeu Gustavo e o obrigou a ir até o quarto de Ana, onde também estava a mulher dele, a assessora para moda Giovana Oliveira.
Fã de Ana Hickmann invade, armado, hotel onde estava a apresentadora e acaba morto em briga, em Belo Horizonte (Foto: Reprodução/Instagram)
Ana Hickmann e o cunhado prestaram depoimento na noite deste sábado, na Delegacia de Homicídios de Belo Horizonte. Segundo o delegado, Rodrigo foi morto com três tiros, dois na nuca e um no braço. A arma, um revólver calibre 38, estava com a numeração raspada.

O delegado contou a mesma versão apresentada no boletim de ocorrência da Polícia Militar. Após render Gustavo, Rodrigo obrigou o empresário, Ana e Giovana a ficarem de costas. Gustavo resistiu. O fã, então, disparou a arma, atingido dois tiros em Giovana, um no ombro e outro na barriga. Na nota, a apresentadora pede para que todos rezem pela cunhada, "para que ela se recupere logo".

De acordo com o advogado da família de Ana Hickmann, Maurício Benfica, a apresentadora e o marido já retornaram para São Paulo. Já Gustavo permanece em Belo Horizonte para acompanhar a mulher. Ele deve ir a São Paulo nesta tarde e retornar à capital mineira na manhã desta segunda-feira (23).

Ainda segundo Benfica, Giovana passou por uma cirurgia e está se recuperando. Ainda será avaliado a necessidade de outra operação, conforme o advogado. Neste domingo, o Hospital Biocor não divulgou boletim médico sobre a assessora. No sábado, a unidade informou que o estado de saúde dela era estável.
Ana Hickmann e o cunhado prestaram depoimento na noite deste sábado, na Delegacia de Homicídios de Belo Horizonte. Segundo o delegado, Rodrigo foi morto com três tiros, dois na nuca e um no braço. A arma, um revólver calibre 38, estava com a numeração raspada.

O delegado contou a mesma versão apresentada no boletim de ocorrência da Polícia Militar. Após render Gustavo, Rodrigo obrigou o empresário, Ana e Giovana a ficarem de costas. Gustavo resistiu. O fã, então, disparou a arma, atingido dois tiros em Giovana, um no ombro e outro na barriga. Na nota, a apresentadora pede para que todos rezem pela cunhada, "para que ela se recupere logo".

De acordo com o advogado da família de Ana Hickmann, Maurício Benfica, a apresentadora e o marido já retornaram para São Paulo. Já Gustavo permanece em Belo Horizonte para acompanhar a mulher. Ele deve ir a São Paulo nesta tarde e retornar à capital mineira na manhã desta segunda-feira (23).

Ainda segundo Benfica, Giovana passou por uma cirurgia e está se recuperando. Ainda será avaliado a necessidade de outra operação, conforme o advogado. Neste domingo, o Hospital Biocor não divulgou boletim médico sobre a assessora. No sábado, a unidade informou que o estado de saúde dela era estável.
"Neste sábado, 21/05, a apresentadora Ana Hickmann, foi vítima de um atentado no hotel em que estava hospedada em Belo Horizonte.
Um homem armado invadiu o quarto em que ela estava e efetuou disparos, que atingiram a cunhada de Ana, Giovana Oliveira, que foi socorrida e levada ao hospital. Ana não foi atingida.
Ana Hickmann já está em sua residência em São Paulo e se recupera deste fatídico dia.
"Nunca pensei que isso poderia acontecer! Nunca pensei que o ser humano fosse capaz disso! Foi terrível! Estou profundamente abalada e triste! Só peço que todos rezem por minha cunhada para que ela se recupere logo" Ana Hickmann.
Fonte: G1 BH


Jati -CE: Corpo encontrado em Velho Banheiro Abandonado

Malvinas News Nosso portal de notícias
Polícia
"Achado de cadáver" 

Quase cinco anos depois o clima de tranquilidade da cidade de Jati foi quebrado com um homicídio registrado Por volta das 10 horas deste sábado (21) populares encontraram o corpo de um homem, cuja identificação só ocorreu no final da tarde no IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro do Norte para onde o corpo foi trasladado. Trata­ se do ex­ - presidiário Marcelino Lima da Silva, de 28 anos, que residia na Rua Assunção (Bairro COHAB) em Salgueiro (PE). 

Constava contra o mesmo o registro de sequestro registrado na sexta-feira (20) perto de sua casa por homens encapuzados que o jogaram dentro de um carro e fugiram. 

O corpo foi encontrado dentro de um velho banheiro ao lado de um casebre antigo e abandonado às margens da BR ­116 no Sítio Balanço a uma distância de 6 Km para o centro da cidade de Jati. 

Populares notaram os pés de um homem por baixo da porta do banheiro e avisaram à polícia que esteve no local. 

O corpo apresentava sinais de espancamento no rosto e lesões à bala. 
Marcelino era acusado do tráfico de drogas e deixou o presídio de Salgueiro há cerca de um mês.

Informações: Site Miséria

Mega rebelião em seis presídios deixa 8 mortos e greve de agentes penitenciários chega ao fim

Malvinas News Nosso portal de notícias
Polícia
"Desgoverno" 

Secretário Hélio Leitão culpou
 os agentes pelos prejuízos e transtornos
(Foto: Reprodução Ceará News 7)
Fernando Ribeiro
Oito mortos, dezenas de feridos, vias públicas bloqueadas e um prejuízo financeiro enorme – ainda não calculado pelas autoridades. Este foi o resultado da mega rebelião que sacudiu o Sistema Penitenciário do Ceará em apenas 15 horas que durou a greve dos agentes responsáveis pela segurança interna das unidades carcerárias. O balanço foi feito pelo próprio Governo, através do titular da Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus), advogado Hélio leitão, no começo da noite. Fontes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) revelaram, com exclusividade, ao portal cearanews7.com.br que, pelo menos, oito cadáveres de presos foram retirados das dependências das unidades que se rebelaram.

Contudo, a própria Sejus admite que este número pode ser maior, já que é costume nos presídios corpos de detentos assassinados pelos outros serem ocultados e só descobertos muitas horas ou até mesmo dias depois do assassinato. A rebelião foi simultânea em seis unidades do sistema, todas localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF): 

as Casas de Privação Provisória da Liberdade (CPPLs), 1, 2, 3 e 4, todas localizadas no Complexo Penal em Itaitinga; além do Instituto Penal Desembargadora Auri Moura Costa (Presídio Feminino), em Aquiraz; e o Presídio do Carrapicho, sediado na cidade de Caucaia. O levante começou depois que a direção das unidades suspendeu as visitas diante da falta de segurança. 

Assim como os detentos, os familiares deles (visitas) se revoltaram e bloquearam a BR ­116 e a via de acesso ao Presídio do Carrapicho. Diante do caos que se instalou no Sistema Penitenciário, o governador Camilo Santana (PT) chamou ao Palácio da Abolição os representantes da categoria e decidiu atender às reivindicações da categoria, sendo a principal, o aumento de 60 para 100 por cento o valor da Gratificação Por Atividades Especiais (de risco de vida), que deverá ser paga de forma escalonada até 2018.

Destruição Além das oito mortes (e que podem aumentar), e do enorme prejuízo para o Estado em virtude da destruição quase completa das seis unidades carcerárias, restou ao governador a lição de que sua atitude em subestimar o poderio das facções  criminosas que dão as ordens nas cadeias cearenses foi um grande erro. 

Já o secretário Hélio Leitão acabou por admitir que seu “plano de contingência” montado para a emergência em caso da deflagração da greve, foi um retumbante fracasso. Segundo ele, o Sistema entrou em descontrole porque “os agentes impediram a Polícia Militar de entrar nos presídios”.

Fonte: Ceará News 7


Google +

DEIXE SEU RECADO

Horóscopo do Dia

Faça seus Comentários


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


Malvinas News Nosso portal de notícias





VILAS UNIDAS

Programação Completa

Programação Completa
Realização: Associação doa Moradores,COMID, Comissão Administrativa da Capela de Nossa Senhora Aparecida - Apoio: Prefeitura Municipal de Barbalha, paróquia de São Vicente de Paulo, Amigos Virtuais Comunicação Visual e Malvinas News no AR

Fazer login

Facebook

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

Novíssimo

COMUNICADO

LOGO

LOGO

Brasil


Brasil - Graphics, Graficos e Glitters Para Orkut

Confira mais gráficos para Brasil em ScrapsWEB.com.br

ÍOGO

ÍOGO

Estamos aqui

APRESENTAÇÃO

DATA DE CRIAÇAO

Postagens populares

Siga no Facebook

Windows Live Messenger + Facebook

Estamos no Twiter

Loading...

Popular Posts