TV MALVINAS NEWS NO AR

Loading...

Curta - nos no Facebook

DEIXE SEU RECADO

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias

DEPARTAMENTO DE ARTE E CRIAÇÃO

DEPARTAMENTO DE ARTE E CRIAÇÃO
PARCEIRO

AGÊNCIA MALVINAS NEWS DE NOTÍCIAS

AGÊNCIA MALVINAS NEWS DE NOTÍCIAS

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Campanha de Aécio usou pesquisa com dados enganosos

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
polícia

No debate da Band, Aécio disse que pesquisas já o mostravam à frenta de Dilma em Minas
No debate da Band, Aécio disse que pesquisas
 já o mostravam à frente de Dilma em Minas
 (Foto:
Marlene Bergamo/Folhapress)

Informações de uma pesquisa de intenção de voto do instituto Veritá usadas na propaganda de segundo turno do tucano Aécio Neves são comprovadamente enganosas.
Quem confirma é o próprio dono do instituto que fez o levantamento, Adriano Silvoni. E também o estatístico responsável pelas pesquisas do Veritá, Leonard de Assis.

A informação infundada era a liderança de Aécio em Minas Gerais com 14 pontos de vantagem sobre Dilma Rousseff (PT): uma pesquisa que o mostrava com 57% ante 43% da petista.

O enredo que levou o PSDB a propagar esses números começa em 6 de outubro, logo após o primeiro turno, quando o Veritá conclui uma pesquisa nacional para presidente com 5.161 entrevistas, estudo registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o código BR-01067/2014.

Fonte: folha de são paulo

malvinas.news@gmail.com

Eunício critica PT, denuncia crimes eleitorais e anuncia candidatura em Fortaleza

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias

política


Eunício critica PT, denuncia crimes
eleitorais e anuncia
candidatura em Fortaleza
(Foto Reprodução Ceará News 7)

Candidato derrotado ao governo do Ceará, o senador Eunício Oliveira (PMDB) repete um colega de partido e diz: "O PT é uma harpa paraguaia. Porque a harpa normal se toca para frente e para trás. A harpa paraguaia só se toca para dentro".

O líder do PMDB foi derrotado no segundo turno para o petista Camilo Santana, 46, aliado dos irmãos Cid e Ciro Gomes (Pros).

Ele ataca a legislação eleitoral, que permite que um aliado de Dilma, ele, no caso, tenha como adversário na eleição estadual um candidato do partido da presidente.

"Eu sou aliado a Dilma no plano nacional e tem um candidato do partido contra mim no plano estadual. Não vê como isso é estranho? O Supremo errou quando cortou a verticalização das eleições. Isso está errado. A Suprema Corte também erra."

 A seguir, trechos de sua entrevista à Folha.

Folha - Henrique Eduardo Alves, do PMDB e presidente da Câmara, reclamou do apoio que o PT deu ao adversário dele, Robinson Faria, que acabou eleito governador no Rio Grande do Norte. Como o sr. avalia a participação do PT nacional no Ceará? Foi cumprido o prometido?
Eunício Oliveira - A eleição passou. Eu aceito as coisas com naturalidade. Tive quase 2 milhões e 100 mil votos do povo cearense e é isso que eu quero levar dessa eleição. Em relação à participação nacional do PT prefiro guardar minha avaliação para mim mesmo. Não quero externar nenhum juízo de valor. Faço minha autocrítica e espero que eles façam também a deles.

Ficou algum trauma das urnas que pode azedar a relação dos dois partidos no plano nacional?
Sinceramente, mágoa nenhuma. Mas é como disse hoje meu amigo Luiz Henrique [senador do PMDB-SC]. O PT é uma harpa paraguaia. Porque a harpa normal se toca para frente e para trás. A harpa paraguaia só se toca para dentro.

E o senhor concorda com essa avaliação?
Você tem alguma dúvida disso (risos)?

Mas o PT não enviou nem a Dilma nem o Lula para pedir votos para o adversário do senhor. Eles não teriam cumprido parte do acordo?
Eu sou aliado a Dilma no plano nacional e tem um candidato do partido contra mim no plano estadual. Não vê como isso é estranho? O Supremo errou quando cortou a verticalização das eleições. Isso está errado. A Suprema Corte também erra. É feito por homens e mulheres. Nacionalmente eu pedia votos para o 13, mas, no Estado, não podia pedir para o 13, porque meu adversário é do PT. Essa legislação está equivocada. Precisa de uma reforma política já.

Em seu primeiro discurso após eleita, a presidente Dilma Rousseff (PT) sinalizou a necessidade de uma reforma política e o desejo de realizar um plebiscito, mas alguns líderes do seu partido já mostraram resistência em relação a este segundo ponto. O sr. vê viabilidade na realização do plebiscito?
Eu sou líder do PMDB do Senado e lhe digo: isso não passa dessa forma. O Congresso vai derrubar se vier dessa forma. Nós entendemos que tem que existir um referendo, porque a população tem que ser ouvida. O Congresso aprova uma reforma política, e a população vota se quer ou não. O plebiscito não tem sentido. Acabamos de passar por uma eleição. Vamos passar por outra para aprovar uma Constituinte? Não existe isso. Na democracia deve-se respeito ao Parlamento como aos outros poderes. Se vier dessa forma eu encaminho contra.

E em relação àqueles peemedebistas que não fecharam apoio com Dilma? Ainda existe o racha no partido? Fala-se da eleição de Eduardo Cunha, líder do bloco dos dissidentes, para a Câmara em 2015...
Disputa de mesa é normal. O PMDB não pode se candidatar? Por que não? O PT não disputou com o PMDB no Rio, sendo que o Pezão disputava a reeleição? Então pode existir disputas internas, mas não quando a preferência é do PT? É de novo a história da harpa.

Fechado o segundo turno, o PMDB foi o partido com mais governadores eleitos nos Estados, sete, ao todo. Isso força uma maior proximidade da presidente com a bancada peemedebista? Aumentará a composição de nomes do partido no ministério?
O PMDB aumentou sua força no país. Essa questão de ministério para mim é secundária. Por mim o PMDB nem aceitava nenhum ministério nesse governo. Nosso apoio não foi por cargo foi em nome de um projeto. E somos hoje o maior partido do Brasil. Sai eleição e entra eleição e o PMDB sempre sai mais forte. Quem não tem tamanho desqualifica o PMDB, mas a população vai lá e mostra que quer o PMDB novamente. É sempre assim. Em relação ao governo Dilma nós não somos agregados. Nós somos o governo. Meu presidente [do partido] é o vice-presidente da República, o Michel Temer. Nós estamos fortalecidos em nome de um projeto maior.

Com essa capilaridade, qual é o projeto do PMDB para 2018?
Eu defendo candidatura própria para presidente. Eu e uma ala importante do partido defendemos isso. O PMDB não precisa ficar à sombra de ninguém. É o maior partido do Brasil.

O sr. defende então o rompimento com o PT para 2018?
Eu defendo que o PMDB lance candidatura própria. Cada partido é livre para seguir seu rumo. Se eles quiserem caminhar em outra posição que fiquem à vontade.

O governador Cid Gomes tem sido cotado para ser ministro de Dilma nesse segundo mandato. O que o sr. acha disso?
Primeiro eu não tenho poder de vetar uma indicação da presidente. Segundo, mesmo que tivesse, não agiria dessa forma, pois qualquer coisa que seja favorável ao meu Estado eu aprovo. Terceiro porque não faço política com ódio ou ressentimento.

Na véspera da eleição estadual o sr. chegou a declarar que o governador usou a máquina do governo para 'esmagar' sua candidatura. O que especificamente foi feito na disputa?
Quem andou em Fortaleza no dia das eleições viu nas ruas mais um milhão de camisas amarelas [cor do adversário Camilo Santana] sendo distribuídas com dinheiro dentro, algo em torno de R$ 70. Na cidade de Quiterianópolis ficamos sabendo que o governo deu feriado nas escolas, prometeu adutora e que ia asfaltar as ruas. Isso na véspera da eleição. Aí, eu que nas pesquisas tinha lá 80% do eleitorado passei a ter 20%. Inverteu o processo. Isso é uso da máquina ou bênção de Deus?

O sr. também reclamou nestas eleições dos ataques que recebeu do atual secretário de Saúde do Ceará Ciro Gomes...
Ele é um desequilibrado. Estava desesperado achando que ia perder o governo, porque ele acha que aquilo é dele e ninguém pode tomar. Levantei 19 processos contra ele, por injúria, difamação e danos morais. Quando receber o dinheiro dele já sinalizei que vou doar tudo para uma instituição que cuida de drogados.

O novo governador Camilo Santana assume com ampla maioria na Assembleia Legislativa. Qual será a posição do sr. a partir de agora no Estado? Muito tem se falado do desejo do sr. de organizar a oposição no Ceará...
O PMDB é a partir de agora oposição no Ceará. Faremos uma oposição propositiva, e não raivosa. Oposição assina CPI, faz o que precisa ser feito. Aquele parlamentar que for cooptado e quiser fazer parte do governo nós vamos brigar para que ele perca seu mandato na Justiça. A legislação eleitoral exige fidelidade partidária e nós vamos fazer valer isso. Vamos fiscalizar o governo.

Embora tenha perdido em 149 municípios do Ceará, o sr. conseguiu vencer em Fortaleza, que é administrada por um prefeito ligado a Cid Gomes. Isso credencia o PMDB para concorrer daqui a dois anos?
O PMDB vai lançar candidatura em Fortaleza e na maioria dos municípios cearenses. Eu vou coordenar isso particularmente em 2016. Saímos extremamente fortalecidos das urnas. Tivemos 57% dos votos na capital. Ganhamos em todas as cidades da região metropolitana, menos duas. Ou seja, estamos fortes.

Fonte Folha de são paulo


Convite missa de sétimo dia

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
local


A  família de Maria Pereira de Oliveira, ainda consternados com seu falecimento convida a todos parentes e amigos, para se fazer presente a missa de sétimo dia em sufrágio de sua alma. Que será celebrada hoje as 05 hs. Da tarde na igreja de Nossa Senhora Aparecida no bairro Malvinas.
A família enlutada agradece a todos que se fizerem presente a este ato fé, e solidariedade cristã.

Ouça a Conexão Brasília-Ceará desta quarta-feira 30/10

Malvinas Notícias não AR Nosso portal de notíciasCeará


Ouca uma Edição Desta quinta-feira (30) da Conexão Brasília-Ceará, com o Jornalista Donizete Arruda.

Fonte Ceará News 7


Manifestação Professores fazem velório simbólico da URCA

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias

Professores, alunos e funcionários da
 Universidade Regional do Cariri (URCA) fizeram,
na manhã dessa quarta-feira (29),
o velório simbólico da instituição
 (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Centenas de manifestantes, entre professores, alunos e funcionários da Universidade Regional do Cariri (URCA) fizeram, na manhã dessa quarta-feira (29), o velório simbólico da instituição. O movimento foi realizado nas dependências da Universidade (Campus do Pimenta) e na Praça Siqueira Campos, em Crato.

Segundo manifestantes, o movimento teve o objetivo de chamar a atenção da sociedade caririense para a proposta apresentada pelo Governador Cid Gomes a categoria, em greve desde o dia 15 de setembro. A categoria considerou a proposta como absurda.

Durante um encontro com o comando grevista, no último dia 21, o governador sugeriu que cada professor da instituição permaneça 52% do tempo devido, em sala de aula. Para a direção do Sindicato dos Docentes da URCA (Sindurca), a proposta compromete, em muito, as atividades extra sala como pesquisa, orientação e extensão.
O movimento teve o objetivo de chamar a atenção da sociedade caririense para a proposta apresentada pelo Governador Cid Gomes a categoria (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Além disso, ao transformarem a proposta em prática, através de cálculos matemáticos, os diretores do Sindurca descobriram que, pela proposta, a Universidade teria uma força excedente de 37 professores. Ou seja, segundo a sugestão do governador, a URCA tem professor sobrando.

Para o presidente do Sindurca, professor Gustavo Nobre, a proposta, na prática, sugere que a Universidade elimine 37 professores do seu quadro já escasso. “É algo como pedir para matar 37 professores e a URCA, por tabela. É um verdadeiro absurdo se levarmos em consideração que estamos pedindo a efetivação de 26 professores de forma emergencial e mais 119 para completar o quadro de efetivos,” disse Augusto.

A outra proposta do governador Cid, durante o encontro, foi que os professores voltassem as salas de aula que no dia seguinte seriam feitas as 26 nomeações dos aprovados no último concurso. Em Assembleia no dia seguinte, 22, a categoria decidiu não confiar na palavra do governador e deu sequência a greve. Nenhum professor foi nomeado.

O concurso realizado em 2010 e renovado por mais dois anos em 2012, venceu no dia 25 deste mês. Mas, uma ação do Ministério Público do Estado, através das promotorias de Crato e Juazeiro do Norte, pedindo a imediata nomeação e posse dos 26 professores, acabou levando a questão para o campo jurídico, onde deverá ser resolvido.

O comando de greve já agenda novas manifestações e diz que a expectativa é que a greve se estenda, pelo menos, até o fim do ano quando assumirá o outro governador eleito.

fonte miséria (Madson Wagner)


Barbalha-CE: Morre no Hospital Santo Antonio jovem vítima de acidente em Jardim, Internado desde o dia 21

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
Acidente de transito 

O jovem Ednaldo Soares dos Santos, que completaria 19 anos no próximo dia 20 de novembro, morreu por volta das 16 horas desta quarta-feira em um dos leitos do Hospital Santo Antonio de Barbalha. Ele estava internado desde o dia 21 de outubro quando sofreu um acidente com motocicleta na estrada carroçável de acesso ao Sítio Cacimba na zona rural de Jardim, onde residia.

Familiares o socorreram ao hospital local e, em virtude da gravidade dos ferimentos e a suspeita de traumatismo craniano, Ednaldo terminou transferido para Barbalha onde faleceu oito dias depois. O corpo foi trazido para ser necropsiado no IML de Juazeiro. O mesmo aconteceu com a aposentada Maria Antonia do Nascimento, de 92 anos, que morava no Sítio Santa Cruz em Barbalha, mas foi vítima de queda em sua residência.

Já a última morte violenta registrada em Jardim tinha sido o assassinato por espancamento do jovem Cosmo Adriano dos Santos, de 23 anos, no dia 6 de outubro. Ele morava no Sítio Serra da Boa Vista naquele município, tinha ingerido bebidas alcoólicas e chegou ao bar da localidade para beber mais. Ali estava uma pessoa identificada apenas por “Ronaldo” com o qual discutiu e este o espancou a socos e pontapé, culminando com a morte do rapaz.
malvinas.news@gmail.com

RUMO A WASHINGTON D.C Cid Gomes nega participação em novo governo de Dilma Rousseff Assim que deixar o Palácio da Abolição, o ex-governador partirá para os EUA, onde representará o Brasil no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política


Governador Cid Gomes e Luis Alberto Moreno,
 presidente do BID. (Foto: Divulgação ceará news 7)

O governador Cid Gomes (PROS) negou qualquer interesse em assumir o comando de algum ministério durante o novo mandato da presidenta Dilma Rousseff (PT). A declaração foi dada nesta quarta-feira (29), em entrevista à imprensa. 

“Meu plano pessoal é passar uma temporada fora do Brasil. É nesse sentido que eu tenho trabalhado. Anteontem eu falei com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) - Luis Alberto Moreno – e no dia anterior havia falado com o vice-presidente”, afirmou Cid. 

Para o ainda governador, o trabalho na instituição será uma oportunidade para aprender, vendo experiências realizadas em outros países, e também para apresentar as boas ações realizadas no Ceará, no Nordeste e no Brasil.
 
Cid já viaja aos Estados Unidos no próximo mês de novembro, onde deverá procurar sua nova residência nas proximidades de Washington, no Distrito de Colúmbia, centro do governo norte-americano, onde está localizada a sede do BID. É lá que o então ex-governador pretende morar quando deixar o Palácio da Abolição para dar lugar a Camilo Santana (PT).

A ambição de Cid Gomes por um cargo no BID não é novidade. Desde 2011, ele vem negociando a indicação de seu nome junto a presidenta Dilma Rousseff (PT). Na época, cogitava-se que ele ocuparia a vice-presidência da instituição, vaga destinada ao Brasil na administração. A confirmação do cearense no posto, no entanto, ainda não foi confirmada.

Fonte: Ceará news 7


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Cid recebe Camilo e Izolda no Palácio da Abolição

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política


Cid recebe Camilo e Izolda no Palácio da Abolição
(Foto: Ceará news 7)

O governador Cid Gomes (PROS) recebeu na tarde desta quarta-feira (29), no Palácio da Abolição, a visita do governador eleito, Camilo Santana (PT), e da vice-governadora eleita, Izolda Cela (PROS). 

Durante o encontro, foram discutidos ações e projetos desenvolvidos pelo Governo do Estado e a expectativa do próximo governo que começa no dia primeiro de janeiro de 2015.

Camilo e Izolda foram eleitos no segundo turno para o Governo do Estado, no último domingo (26), com 53,35% dos votos válidos.

Fonte: Ceará news 7


Capitão Wagner, opositor ao clã Ferreira Gomes, mira eleições de 2016

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política


Capitão Wagner, opositor ao clã Ferreira Gomes,
 mira eleições de 2016
fonte: 
Anderson Pires

Deputado estadual eleito neste ano com a maior votação da história da Assembleia Legislativa do Ceará, o vereador capitão Wagner (PR) deve ser o principal opositor ao governador eleito do Estado, Camilo Santana (PT). Desafeto dos irmãos Cid e Ciro Gomes, padrinhos políticos de Camilo, o parlamentar ligado à Polícia Militar articulou em torno de sua candidatura as lideranças de oposição ao atual governo, como o senador eleito Tasso Jereissati (PSDB) e o candidato derrotado ao governo, senador Eunício Oliveira (PMDB), e já se projeta como pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza em 2016.

No Estado que registra o terceiro maior índice de homicídios do país, segundo o Mapa da Violência, Wagner Sousa Gomes, o capitão Wagner, ganhou projeção com a bandeira da segurança pública. Líder da pior greve enfrentada pelo governador do Estado, Cid Gomes (Pros) em seus dois mandatos, o parlamentar teve uma ascensão meteórica na política cearense, com apoio da corporação e dos adversários dos irmãos Gomes, e bateu outro recorde de votação ao se eleger vereador em Fortaleza. A cidade é considerada a segunda mais violenta do país.

Com 35 anos, Wagner é oficial da polícia militar há 15 anos e engajou-se na política partidária em 2010. Dentro da corporação, passou a ter papel de liderança ao enfrentar o comando da PM, na luta por melhores condições de trabalho e de renda, e lançou-se candidato a deputado estadual em 2010. "Me rebelei ao falar que a gente trabalha, produz, mas precisa de melhores condições de trabalho. Para um militar, falar sobre isso é uma afronta", diz. "Mas integrantes da corporação viram na pessoa do capitão Wagner uma pessoa de coragem para reivindicar melhorias", afirma, referindo-se a si mesmo na terceira pessoa.

Capitão Wagner procurou o PSOL, mas diante da falta de interesse do partido, diz, negociou a filiação com o presidente do diretório estadual do PR, o ex-governador Lucio Alcântara, opositor aos Gomes.

Em sua primeira eleição, em 2010, para a Assembleia, teve 28,8 mil votos. "A partir dessa candidatura as perseguições aumentaram muito. Fui transferido para quatro cidades diferentes em um mês. Vi que a perseguição ia acabar culminando com a minha demissão".

Para driblar a pressão do governo, o PR fez com que uma deputada estadual do partido se licenciasse para que Wagner pudesse assumir uma cadeira na Assembleia em setembro de 2011. Três meses depois, articulou e liderou uma grande greve da polícia às vésperas do reveillón. Entre as reivindicações estavam o reajuste salarial e redução da jornada de trabalho.

Em clima de pânico, a população temia por assaltos, saques e arrastões e parte do comércio de Fortaleza fechou as portas. O governador decretou estado de emergência e pediu reforços, com homens do Exército e Força Nacional. Desde então o capitão tornou-se desafeto dos irmãos Gomes.

Capitão Wagner saiu fortalecido dentro da corporação depois dos seis dias de greve. Em 2012, lançou-se à Câmara Municipal de Fortaleza e recebeu 43,6 mil votos, quase 15 mil votos a mais do que tinha recebido dois anos antes em todo o Estado. Como vereador, além de enfrentar Cid, fez oposição ao prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), afilhado político dos irmãos Gomes.

Neste ano, Wagner elegeu-se deputado estadual com 194,2 mil votos, quase o dobro do segundo mais bem votado. A articulação com oficiais militares é feita em contato direto com os cerca de 3,5 mil filiados à associação de profissionais de segurança da qual é presidente, e de uma associação que reúne quase 7 mil cabos e soldados, presidida pelo cabo Sabino (PR), eleito deputado federal em uma dobradinha com Wagner.

"As perseguições só têm aumentado", afirma. Nesta eleição, os irmãos Gomes entraram em conflito com oficiais militares, por apoiarem o capitão e Eunício Oliveira. Em meio ao clima tenso com a corporação, a segurança pública pautou o debate do segundo turno e o governador abriu processo contra oficiais que declararam apoio a Wagner e Eunício. O capitão diz ter sido alvo de calúnia e respondeu processos administrativo e criminal. "Disseram que sou chefe de milícia, envolvido com narcotráfico. Foram abertos inclusive processos, mas nenhum deles provou que tinha qualquer envolvimento com coisa errada. Se tivesse, por ser opositor do governo, com certeza já estaria atrás das grades", diz.

Entre a eleição de 2010 e de 2014, o patrimônio de capitão Wagner mais do que dobrou, de R$ 130 mil para R$ 340 mil.

Sem os irmãos Gomes no comando direto do Ceará, o parlamentar diz que sua relação com Camilo tende a ser melhor. "A família Gomes está no poder há muito tempo e viu na figura do capitão Wagner uma pessoa que pode crescer, a ponto de ameaçar o plano que eles têm de se eternizar no poder", afirma. "A tensão diminui. Tudo vai depender do bom senso do novo governador, de chamar a categoria para dialogar", diz. "Vai voltar a ter polícia respeitando governo. Hoje não tem isso".

Capitão Wagner diz que dará prazo de seis meses para Camilo. "Não tem como em janeiro colocar a faca no pescoço, exigindo que tudo seja solucionado, diz.

O parlamentar afirma ter um plano com 38 pontos para Segurança Pública, que poderá ajudá-lo a pavimentar sua candidatura à prefeitura da capital. "A candidatura é consequência do trabalho. Se fizer bom trabalho durante um ano e meio, dois anos e se for o desejo da população... Mas só vou tomar a decisão no começo de 2016."

Fonte: ceará news 7


Eunício comunica ao PMDB: não quer ser ministro e não veta nenhum nome

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política



Senador diz que ‘interesse do Ceará é maior
que briga política’ e defende ‘oposição crítica’ a Camilo.
Foto: Divulgação Ceará news 7
A cúpula nacional do PMDB se reuniu, na manhã desta quarta-feira (29), no Palácio do Jaburu, residência oficial do Vice-presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB), para discutir o espaço que o partido pretende ocupar no novo governo de Dilma Rousseff (PT), reeleita, no último domingo (26), como presidente da República.  

A pauta que norteou o encontro foi a composição do novo time de ministros que acompanhará Dilma em seu segundo mandato. O representante do PMDB no Ceará, senador Eunício Oliveira (PMDB), afirmou que não requererá para si nenhuma fatia ministerial, contrariando os anseios de líderes peemedebistas. 

Além de não querer ser ministro, o cearense deixou claro que não pretende vetar qualquer nome ou impor quaisquer condições à presidente. Apesar do duelo recém-travado contra o governador Cid Gomes (PROS), o senador acredita que o bem comum deve se sobrepor às outras questões. “O interesse do Ceará é maior do que a briga política”, defendeu Eunício.

Descartado o cabo de guerra contra Cid, Eunício também excluiu a possibilidade de perseguição ao governador eleito Camilo Santana (Pros). Apesar de ter sido vitorioso em Fortaleza e Região Metropolitana, tendo perdido em apenas uma urna na capital, o peemedebista não quer um Ceará dividido, por isso, garantiu que fará uma “oposição crítica” ao apadrinhado político do atual governador.  

Reforma Ministerial 

Como principal partido da base aliada de Dilma e detentor da maior bancada no Senado e segunda maior da Câmara dos Deputados, o PMDB pode indicar parte da equipe que trabalhará com Dilma Rousseff a partir do dia 1º de janeiro de 2015. 

O presidente do PMDB no Ceará, Eunício Oliveira, já constava da lista de ministeriáveis proposta por Michel Temer. O senador, no entanto, agradeceu o convite, mas afirmou não ter interesse em ocupar nenhuma pasta. 

fonte ceará news 7


"Rubén Aguirre" Professor Girafales critica Quico e Chiquinha: ´Tenho pena deles´

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
entretenimento


O ator Rubén Aguirre, intérprete do Professor Girafales
 da série Chaves, em entrevista à rede Telemundo.
 (Foto: Reprodução)
Recuperado após duas semanas de internação em um hospital na Cidade do México, o ator Rubén Aguirre, o Professor Girafales da série Chaves, criticou os ex-colegas Carlos Villagrán, o Quico, e Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, por continuarem trabalhando mesmo com a idade avançada. Aos 80 anos e aposentado, o intérprete de Girafales revelou à rede hispânica Telemundo, nesta terça-feira (28), que sente pena dos antigos companheiros. 

"Deus me livre [voltar a trabalhar], já estou aposentado. Se meus companheiros seguem trabalhando é porque precisam de dinheiro, algum problema devem ter ou estão acumulando. Mas tenho pena de Maria Antonieta [de las Nieves, a Chiquinha], Quico, que até hoje seguem trabalhando. Algo acontece com eles que não se resignam ao dizer ´acabou´. Seguem, seguem, seguem acumulando para os genros (risos) ou para quem seja, não entendo isso", disse Aguirre.

Carlos Villagrán, 70 anos, chegou a anunciar a aposentadoria em 2013, mas voltou atrás e continua fazendo shows como Quico. Em outubro, se apresentou em São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. Maria Antonieta de las Nieves, 63 anos, sofre de fibromialgia e problemas cardíacos. Mesmo assim, anunciou uma turnê pela América do Sul em novembro.

A entrevista com o Professor Girafales, gravada na última sexta-feira (24) para o programa Al Rojo Vivo, foi a primeira do comediante após ter deixado o hospital. Em agosto, foi internado com desidratação, anemia e fraqueza nas pernas. Diabético e com os rins comprometidos, também foi diagnosticado com depressão profunda e prefere ficar isolado em Puerto Vallarta, cidade litorânea do México, onde mora.

Aguirre ainda tem sequelas de um acidente automobilístico que sofreu em 2008 e fez a mulher dele, Consuelo, amputar a perna direita. Embora esteja fisicamente quase inválido, o ator continua lúcido e não se lamenta pelos problemas de saúde.

"Operei a coluna vertebral. Colocaram placa, quatro parafusos, tenho dificuldades para caminhar. Trabalhei desde os 13 anos anos e agora me vejo diminuído, mas também entendo que tenho 80 anos e que a vida não pode ser igual sempre, tem que haver etapas e agora estou limitado. Não me amargo", afirmou o ator.

Professor Girafales contou que após ter deixado o hospital, fez um pacto com Roberto Gómez Bolaños, 85 anos, criador e intérprete de Chaves, que tem dificuldades de locomoção e problemas respiratórios. Os dois são os integrantes mais velhos do elenco remanescente da série. Entretanto, ele admite ser "muito difícil" cumprir o acordo com o ex-companheiro.

"Fizemos uma promessa muito difícil de cumprir, de nos vermos logo. É muito difícil, porque ele vive em Cancún e eu em Porto Vallarta", lamentou.

Fonte notícias da tv


Ouça a Conexão Brasília-Ceará desta quarta-feira (29)

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
com donizete arruda

Jornalista Donizete Arruda (Foto: Internet)


Presidenta Dilma Rousseff (PT) sofre primeira derrota após ser reeleita: Câmara não aprova Conselhos Populares.

Ex-presidente Lula anuncia que é candidato à presidência em 2018.

Senador Renan Calheiros (PMDB) desiste da presidência do Senado, e Eunício Oliveira está na disputa.

Governador eleito Camilo Santana afirma que vai ouvir atual governador Cid Gomes (PROS) no dia a dia do governo do Estado.

Confira a edição desta quarta-feira (29) da Conexão Brasília-Ceará, com 

PMDB quer ministério para Eunício, caso Cid vá para Educação

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política



A cúpula do PMDB no Senado reuniu-se, na terça-feira (28), com o vice-presidente Michel Temer (PMDB) para negociar os cargos políticos que devem ser destinados ao partido com a reeleição de Dilma Rousseff. Os peemedebistas, que compõem a maior bancada da Casa, querem o senador Vital do Rêgo, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, à frente de algum ministério. 

Além disso, as lideranças do partido não estão nada satisfeitas com a proximidade entre a presidenta e o governador Cid Gomes (PROS), que tem o nome cotado para assumir o ministério da Educação. Caso o cearense realmente seja nomeado ministro, os peemedebistas exigem que o senador Eunício Oliveira, derrotado na disputa pelo Palácio da Abolição, também tenha um ministério pra chamar de seu. 

A reeleição de Dilma garantiu, pelo menos, mais quatro anos de PT à frente do País, porém não resolveu os atritos na base aliada petista. A aliança PT-PMDB continua fragilizada e tem como um dos pilares de sustentação a proximidade entre o ex-presidente Lula (PT) e Eunício. Todavia, a preferência da presidenta por Cid, que vinha sendo abafada, voltou à tona com a vitória do candidato apoiado pelo governador no Ceará, Camilo Santana (PT), deixando o clima entre os dois partidos tenso. Agora, está nas mãos de Dilma fazer ou não concessões aos peemedebistas para acalmar os ânimos. 

Futuro de Eunício

Com a derrota no Ceará na disputa pelo governo, Eunício agora tem dois prováveis caminhos de ascensão. O primeiro deles, que já vem sido posto em pauta há tempos, é a presidência do Senado. O atual líder da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB), já anunciou que não deve disputar o cargo, deixando o caminho livre para o nome do correligionário. Mas a perspectiva de assumir um ministério no governo Dilma também chama a atenção do senador, que já esteve à frente da Pasta de Comunicação na administração de Lula.

fonte: ceará news 7


Câmara de Juazeiro: Antônio de Lunga e Ronnas Motos foram reintegrados na tarde de hoje

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política

Antônio de Lunga e Ronnas Motos. (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)

Agência miséria


terça-feira, 28 de outubro de 2014

Ouça a Conexão Brasília-Ceará desta terça-feira 28/10

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
conexão brasília


Presidenta reeleita Dilma Rousseff (PT) fala ao país sobre mudanças na economia e plebiscito da reforma política. 

Governador Cid Gomes (PROS) é cotado para assumir ministério da Educação no governo Dilma.

Governador eleito Camilo Santana (PT) começa a pensar no futuro à frente do Ceará.

Confira tudo na íntegra na edição desta terça-feira da Conexão Brasília-Ceará, com o jornalista Donizete Arruda. 



malvinas.news@gmail.com

Juazeiro do Norte-CE: Andarilho tentou estuprar menor dentro de ônibus de romeiros ao lado da Matriz

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
polícia


A polícia prendeu o morador de rua Antonio José do Nascimento Filho, de 45 anos, sob a acusação de tentar estuprar a adolescente de iniciais M. M. S., de 15 anos, residente no município de Feira Nova (PE). O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira no interior de um ônibus de romeiros estacionado na Rua Padre Cícero ao lado da Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores em Juazeiro. Os fiéis adentraram o templo e a menor ficou no coletivo o qual foi invadido pelo acusado que, ao ver a menina, tentou estuprá-la.

Para sorte dela, um jovem de 18 anos que integrava o grupo de peregrinos retornou ao ônibus e partiu na direção de Antonio com quem travou luta corporal. Ele correu e ainda agrediu o rapaz com uma pedrada no rosto. A polícia foi avisada e o acusado terminou preso por militares do Ronda do Quarteirão. Ultimamente, são muitas as queixas contra usuários de drogas e álcool que perambulam entre a Capela do Socorro e a Matriz perturbando os fiéis no momento das orações.

OUTRO CASO – No início da tarde do último sábado (25) e perto dali, uma adolescente de 15 anos e iniciais M. L. M dos S., foi violentada sexualmente na mesma Rua Padre Cícero, porém entre os boxes 138 e 139 do Centro de Apoio aos Romeiros. Ela mora no bairro Tiradentes e disse à polícia que desconhecia o autor do estupro. A mesma foi levada por uma equipe do SAMU ao Hospital São Lucas, onde o médico de plantão constatou o ato sexual, mas recomendou um exame no IML.
malvinas.news@gmail.com

Juazeiro do Norte não quer perder a ligação aérea direta e diária para Recife

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
regional

A partir do próximo dia 15 de novembro a Gol Linhas Aéreas deixará de operar o vôo diário Recife/Juazeiro/Recife em troca de mais um vôo diário São Paulo/Juazeiro/São Paulo. Sem esconder o entusiasmo com o início do funcionamento dos módulos de embarque e desembarque do Aeroporto Orlando Bezerra, o prefeito Raimundo Macedo quer mais opções de vôos para o Cariri e o primeiro passo seria a continuidade da ligação aérea para Recife (PE).

De início, optou pela permanência da Gol quando encaminhou apelo neste sentido ao presidente da empresa, Paulo Sérgio Kakinoff. Na sua argumentação, fez ver ao mesmo a estreita ligação que a região do Cariri detém com a capital pernambucana. Como explicou, empresas industriais e comerciais, advogados, professores e estudantes universitários dependem umbilicalmente desta ligação rápida, barata e pontual com Recife o que já ocorre há décadas.

A Gol oferece a opção de se ligar com Recife via Guarulhos (SP) com mais de 9 horas de viagem ao custo promocional de R$ 162,00. Todavia, o prefeito quer da direção da empresa a manutenção do vôo direto para Recife e, da mesma forma, o novo vôo diário para São Paulo. Em setembro, esse apelo já tinha sido feito diretamente pelo Coordenador de Turismo, Roberto Celestino, junto à Diretoria de Planejamento da Gol quando esteve em São Paulo. Caso se confirme a decisão, Raimundão fará idêntico apelo aos presidentes da Avianca, José Efromovich; da Azul, David Neeleman; e da TAM, Cláudia Sender.

informações: miséria


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Cid é cotado para o Ministério da Saúde no novo governo Dilma

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política


Cid é cotado para o Ministério da Saúde no novo governo Dilma
Foto: Divulgação Ceará news 7

Entre os aliados do PT na campanha presidencial, os irmãos Cid e Ciro Gomes, do PROS, são os grandes vitoriosos nos bastidores da eleição que acaba de ser encerrada. Ao seu modo, eles cumpriram papéis estratégicos ao longo da campanha, cujos efeitos contribuíram de maneira decisiva para o resultado final.

Desde o início dos acordos, os Gomes recusaram de primeira hora a alternativa do PSB e resolveram trabalhar pela criação de uma nova legenda, o PROS. O movimento deu resultado e impediu a legenda socialista, que na época era articulada por Eduardo Campos, de ser dominante no Nordeste.

Cid Gomes e seu irmão, o ex-ministro Ciro, apoiaram o candidato do PT ao governo do Estado. Camilo Santana venceu Eunício Oliveira, do PMDB, no segundo turno, o que ressaltou a importância do trabalho dos Gomes para ele.

Agora, Cid Gomes já é um dos nomes mais cotados na bolsa de apostas de Brasília para se tornar ministro da Saúde no novo governo Dilma, a partir de 2015. As informações são do site Brasil 247.

fonte: ceará news 7


Confira! Famosos comentam resultado da eleição presidencial no Brasil

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política


As eleições para Presidente da República do Brasil em 2014 chegaram ao fim no último domingo (26). O resultado, divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), reelegeu Dilma Roussef (PT) com 51,45% dos votos, contra 48,55% de Aécio Neves (PSDB).Após a notícia final das urnas, diversos famosos se manifestaram nas redes sociais a respeito da escolha política da maioria do povo brasileiro.Paolla Oliveira, por exemplo, postou uma imagem toda preta em seu Instagram e escreveu: "Sem mais". Assim como a atriz, outros famosos também disseram estar "de luto" pelo Brasil.Confira, a seguir, os principais comentários das celebridades.
Paolla Oliveira, por exemplo, postou uma imagem
 toda preta em seu Instagram e escreveu: "Sem mais".
 Assim como a atriz, outros famosos
 também disseram estar "de luto" pelo Brasil.
(Foto: divulgação)

CELEBRIDADES USARAM REDES SOCIAIS PARA SE MANIFESTAR

As eleições para Presidente da República do Brasil em 2014 chegaram ao fim no último domingo (26). O resultado, divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), reelegeu Dilma Roussef (PT) com 51,45% dos votos, contra 48,55% de Aécio Neves (PSDB).Após a notícia final das urnas, diversos famosos se manifestaram nas redes sociais a respeito da escolha política da maioria do povo brasileiro. Paolla Oliveira, por exemplo, postou uma imagem toda preta em seu Instagram e escreveu: "Sem mais". Assim como a atriz, outros famosos também disseram estar "de luto" pelo Brasil.Confira, a seguir, os principais comentários das celebridades.

fonte msn Brasil


AtentadosCinco tentativas de homicídios à bala e faca em Milagres, Juazeiro do Norte e Crato

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
polícia


Foto: Criação edeo arte comunicação visual

Além do homicídio registrado na noite de sexta-feira em Nova Olinda, cinco atentados à bala e faca movimentaram o plantão policial neste final de semana na região do Cariri. As ocorrências se deram em Milagres, três em Crato e mais um no bairro Pio XII em Juazeiro. Por volta das 18 horas de sexta-feira o ajudante de pedreiro José Edilson Moreira Evangelista, de 27 anos, estava em sua casa no Sítio Pilar em Milagres quando chegou Francisco Leonardo Bernardino Lima, de 19 anos, que trabalha na mesma atividade.

Ele reside na mesma localidade e levada consigo uma foice e uma espingarda tipo socadeira. Leonardo apontou a arma de fogo na direção de Edilson e atirou atingindo-o de raspão. A vítima foi socorrida por familiares ao hospital e o acusado terminou preso. Já às 20 horas deste domingo, porém no cruzamento das ruas 7 de Setembro e 1º de maio (Pio XII) em Juazeiro, foi registrado outro atentado à bala.

O jovem Antonio Valério, de 19 anos, residente naquele bairro, teve que ser socorrido ao Hospital Regional do Cariri (HRC) após ser lesionado a tiros duas vezes nas costas e outra nas nádegas. Ele disse que estava em casa quando foi surpreendido pelos disparos sem conseguir ver o acusado. Quase no mesmo horário chegou àquele hospital outra vítima de tentativa de homicídio à bala, mas de um caso registrado no Sítio Alegre (Distrito de Bela Vista) em Crato.

Era Pedro Rocha da Silva, de 56 anos residente no Sítio Jenipapo em Crato que seguia a pé para sua residência quando passou um homem por ele e atirou lesionando-o na coxa, no abdômen e nas nádegas. Por volta das 22 horas, nas imediações do Hospital São Francisco de Crato, o adolescente de iniciais J. H. O. F., de 14 anos, estava com sua namorada quando um homem armado com uma faca passou anunciando assalto. Do casal, tomou dois celulares e ainda lesionou o menor com um golpe no pescoço.

Já às 23 horas deu entrada no mesmo Hospital São Francisco Eduardo Maia Moreira, de 29, residente na Rua Pedro Bantim (Bairro Sossego). Ele foi lesionado com um tiro no ombro e apontou como acusado uma pessoa apelidada por “Queijim” o qual fugiu com um casal numa moto de cor preta. No dia 30 de outubro de 2012 a polícia encontrou no carro de Eduardo seis celulares, três caixas com 73 comprimidos Rivotril, uma faca e R$ 397,00 em dinheiro. Já no último dia 18 de maio, ele foi preso no Bar do Cosmo na Avenida Pedro Felício (Parque Granjeiro), com um revolver calibre 38 tendo seis cartuchos intactos.

fonte miséria


Ouça a Conexão Brasília-Ceará desta segunda-feira dia 27 de outubro

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
política/ceará

Na Conexão Brasília-Ceará desta segunda-feira (27), Donizete Arruda comenta a vitória da presidenta Dilma Roussef e os desafios de um novo mandato. A eleição de Camilo Santana e a divisão do PT no Estado. Ouça no player abaixo:
O Momento Nero desta segunda-feira, a vitória do governador Cid Gomes nas urnas com a eleição de seu sucessor, Camilo Santana.


Ceará news 7


BALANÇO DA VIOLÊNCIA DO FINAL DE SEMANA NO CARIRI: Caiu pela metade - de oito para quatro - o número de mortes violentas na comparação dos dois últimos finais de semana na região do Cariri

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
polícia


Corpo de Anderson foi recolhido pelo rabecão para necropsia no IML
 (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Caiu pela metade - de oito para quatro - o número de mortes violentas na comparação dos dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, o IML (Instituto Médico Legal (IML) necropsiou dois corpos de Juazeiro e os demais de Nova Olinda e Tarrafas. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, foram vítimas de homicídio, acidente de trânsito, queda e afogamento. Um corpo chegou na sexta-feira e os demais neste domingo após um sábado de absoluta tranqüilidade.

Por volta das 21h30min de sexta-feira, na CE-292 à altura do Sítio Pedra Branca em Nova Olinda, o comerciante George Antonio Grangeiro Sampaio, de 46 anos, que residia em Exu (PE), foi morto a tiros. Ele dirigia sua Hilux quando foi atocaiado por vários homens em um carro e uma moto os quais passaram a efetuar disparos. A vítima perdeu o controle, saiu da pista e adentrou o mato após destruir uma cerca de arame farpado.

A polícia foi avisada e encontrou o mesmo agonizando quando tratou de socorrê-lo em sua própria Hilux, mas já chegou sem vida ao hospital municipal de Nova Olinda. Seu corpo e o carro apresentavam várias perfurações à bala de diversos calibres e a tese inicial da polícia é de um crime de pistolagem, pois, no carro, estavam vários cheques e R$ 5.978,00 em dinheiro pertencentes a George.

Por volta das 5 horas da madrugada deste domingo morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri o agricultor Francisco Adão de Oliveira, de 59 anos. Ele residia no Sítio Patos na zona rural de Tarrafas, onde foi vítima de um atropelamento e terminou socorrido ao HRC e faleceu em virtude da gravidade dos ferimentos. Pouco depoisn no mesmo hospital, faleceu a aposentada Maria Salomé, de 89 anos, que residia na Rua João Paulo I (Timbaúbas) e foi vítima de uma queda.

Já por volta das 16 horas Anderson de Souza Ferreira, de 12 anos, que residia no Sítio Brejo Seco em Juazeiro, morreu afogado nas águas de um açude do Sítio Sabiá. O mesmo não sabia nadar e estava tomando banho no manancial em companhia de dois coleguinhas quando se afogou. O corpo de Anderson foi retirado das águas pelo seu próprio pai e um vizinho sendo levado pelo rabecão para necropsia no IML.

Fonte: Agência miséria (demontier Tenório)


Parceiros

Loading...

VILAS UNIDAS

Programação Completa

Programação Completa
Realização: Associação doa Moradores,COMID, Comissão Administrativa da Capela de Nossa Senhora Aparecida - Apoio: Prefeitura Municipal de Barbalha, paróquia de São Vicente de Paulo, Amigos Virtuais Comunicação Visual e Malvinas News no AR

Fazer login

Facebook

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

Novíssimo

COMUNICADO

LOGO

LOGO

Brasil


Brasil - Graphics, Graficos e Glitters Para Orkut

Confira mais gráficos para Brasil em ScrapsWEB.com.br

ÍOGO

ÍOGO

APRESENTAÇÃO

DATA DE CRIAÇAO

Postagens populares

Siga no Facebook

Windows Live Messenger + Facebook

Google +

Pesquisar este blog

Carregando...

Estamos no Twiter

Loading...