Curta - nos no Facebook

DEIXE SEU RECADOO

Otimismo

QUANDO ALGUÉM LHE DISSER, QUE SEU TRABALHO É DE AMADOR. LEMBRE SE, AMADOR CONSTRUIU A ARCA DE NOÉ, PROFISSIONAL CONSTRUIU O TITANIC!.

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias

TV MALVINAS NEWS NO AR

Loading...

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Juazeiro do Norte-CE: “Piscinão da Rui Barbosa” vira chacota em programa de Rafinha Bastos

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
ENTRETENIMENTO/TELEVISÃO
FOTO:REPRODUÇÃO YUO TUBE

O enorme buraco localizado à altura do número 1719 da Rua Rui Barbosa, bairro Timbaúbas, em Juazeiro do Norte, virou piada no programa “Agora é Tarde”, da tevê Band. Apresentado pelo humorista Rafinha Bastos, o vídeo de pouco mais de um minuto retrata não só a situação daquele ponto, mas outro em que crianças, há cerca de seis meses, brincavam em um córrego que Rafinha chama de toboágua.

“As crianças do Ceará estão muito feliz, gente, porque a Prefeitura de Juazeiro do Norte fez uma piscina pública pra meninada. Que gesto bonito cara! Nada mais divertido do que pegar leptospirose. A galera tá eufórica”, disse o apresentador.

No vídeo (clique aqui para assistir), o apresentador retratou outra cena que teria sido registrada também em Juazeiro do Norte onde duas crianças brincam no córrego sendo carregadas pela água. “E agora que já tem piscina só tá faltando instalar esse toboágua”, diz Rafinha que em seguida exibe o outro vídeo.

“Se divertem na desgraça”, acrescentou o também humorista Marcelo Mansfield. O vídeo está repercutindo nas redes sociais e os comentários são dos mais diversos. “Nós, juazeirenses, de novo sendo chacota”, disse o internauta Emanuel Macedo. “Juazeiro grita por socorro”, completou Carminha Benjamim.

Para Veridiana Reinaldo o vídeo contribui de grande forma para ampliar a imagem negativa que parte da Região Sul/Sudeste do Brasil tem do Ceará. “De fato muito vergonhoso!!! Ao invés de mudar a visão que as outras regiões tem do Ceará só piora”, disse.

Assista ao vídeo a partir do tempo 2min22seg: 

Prefeito de BarbalhaGravação comprova compra de partido para reeleição de Zé Leite

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
POLÍTICA
FOTO DE ARQUIVO AGÊNCIA BRASIL


Descontente com a administração do prefeito José Leite Gonçalves Cruz, o Zé Leite (PT), em Barbalha, o ex-aliado Francisco Joaquim Luciano relatou ao Jornal do Cariri os bastidores que levaram a compra de um partido para integrar a coligação que reelegeu o prefeito petista. A negociação teria acontecido dentro do gabinete do prefeito no período que antecedeu as convenções para a eleição de 2012.

Segundo Francisco Joaquim, participou da reunião a pedido do próprio prefeito, junto com o ex-subsecretário de Esportes, Amilton Lira, representado o prefeito, e o então, presidente do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Francisco das Chagas Sampaio Gomes, conhecido por Quim. Ainda segundo Francisco Joaquim, foi negociado pelo partido, com a autorização de Zé Leite, o valor de R$ 4 mil.

Os pagamentos teriam sido efetuados com uma entrada de R$ 1 mil em dinheiro e mais dois cheques de R$ 1,5 mil cada. “O prefeito mandou a entrada e pediu que eu emitisse os outros dois cheques. O problema é que ele não cobriu e meu nome ficou sujo. Até hoje não consegui recuperar o segundo cheque, já que, o primeiro consegui cobrir,” disse Francisco Joaquim.

Ainda, segundo Francisco Joaquim, chegou a procurar o prefeito por várias vezes para resolver a situação, mas o que ouviu é que não receberia o dinheiro dos cheques. “O que fiz foi para ajudar o Zé Leite. Ele foi covarde me deixando nessa situação. Ele disse na minha cara que não vai pagar,” concluiu Francisco Joaquim.

Questionado sobre a veracidade da informação e, consequentemente, sua gravidade, Francisco Joaquim apresentou uma gravação, onde mantém um diálogo com o ex-subsecretário de Esportes, Amilton Lira. Na gravação, os dois conversam sobre a recusa de Zé Leite em pagar o valor dos cheques. A gravação tem ao todo 4 minutos e 48 segundos de conversa, onde todo o esquema é confirmado pelo ex-secretário. Veja trechos da conversa:

Joaquim: “Ei Amilton, é Joaquim Luciano. Lembra de mim?”

Amilton: “Sim meu filho. Diga aí Joaquim. Manda as ordens!”

Joaquim: “O que se faz com Zé Leite... Ele disse que não tem nada a ver com o cheque... cara covarde, ele mandou fazer o serviço, trazer o Quim, e depois tirou o rabim de banda, né?”.

Amilton: “... Ainda tá enrolado né?”.

Joaquim: “Tá! Ele disse que não paga não”.

Amilton: “... e acho que ele não paga mesmo não”.

Procurado para falar sobre o assunto, o ex-subsecretário de Esportes, atual administrador da Ceasa Cariri, Amilton Lira, negou participação na negociação e, consequentemente, na reunião do gabinete. Sobre conhecer os participantes, Amilton disse conhecer apenas Francisco da Chagas (Quim), mas disse não conhecer Francisco Joaquim, o denunciante. Amilton disse, ainda, que não mantém contato com a administração e que jamais ouviu falar sobre o assunto.

Procuramos, também, o presidente do PHS à época, o Quim, que confirmou a participação na reunião e os valores repassados ao partido. Segundo ele, o dinheiro foi usado na campanha dos vereadores da sigla. “Na época o prefeito mandou o Joaquim e o Amilton Lira resolver para ele depois ajeitar. Recebi o dinheiro e os cheques e depois não sei como ficou. Eu acabei saindo de lá com raiva porque o prefeito não resolveu nada e o cheque fez foi voltar,” disse Quim.

A reportagem do Jornal do Cariri procurou o prefeito Zé Leite para se pronunciar sobre o assunto, mas não o encontramos. Estivemos duas vezes no gabinete, mas falamos apenas por telefone com o chefe de gabinete, Tales Edácio Ribeiro. Ele disse não ter condições de agendar com o prefeito para aquela data. Sobre o assunto, Tales disse apenas não ter conhecimento das denúncias e por não iria se pronunciar.

Ouça abaixo um trecho da gravação:Ouça abaixo um trecho da gravação:

FONTE CEARA NEWS 7


terça-feira, 29 de julho de 2014

Gravação comprova compra de partido para reeleger prefeito Zé Leite

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
POLÍTICA
Negociação aconteceu no gabinete do próprio prefeito, onde foi pago o valor de R$ 4 mil.Negociação aconteceu no gabinete do próprio prefeito, onde foi pago o valor de R$ 4 mil. FOTO GOOGLE MAPS



O empresário Francisco Joaquim Luciano, ex-aliado do prefeito de Barbalha, Zé Leite (PT), disponibilizou, com exclusividade ao Jornal do Cariri, uma gravação que comprova sua participação, a pedido do prefeito, em uma reunião que negociou a compra do PHS para sua reeleição.

A negociação aconteceu no gabinete do próprio prefeito, onde foi pago o valor de R$ 4 mil, sendo uma entrada de R$ 1 mil em dinheiro e mais dois cheques de R$ 1,5 mil cada. O presidente do PHS à época, Francisco das Chagas, o Quim, confirmou a denúncia. O outro representante do prefeito na reunião, Amilton Lira, negou a participação. O prefeito não foi  encontrado para comentar a denúncia.
FONTE CEARÁ NEWS 7
malvinas.news@gmail.com

HomicídioJardim-CE: Jovem é morto a tiros com arma de grosso calibre no Sítio Brejinho

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias

POLÍCIA

Igreja Matriz Jardim CE Foto: Google Mapes

Após um mês e meio depois, novo homicídio foi registrado por volta das 20 horas desta segunda-feira em Jardim, sendo, desta vez, em um local ermo no Sítio Serra Brejinho na zona rural de Jardim. O jovem Samuel Luciano Coelho, de 27 anos, que residia no Sítio Serra Areia naquele município, foi alvejado com dois tiros, sendo um na cabeça e outro nas costelas com arma de grosso calibre causando sua morte imediata.

A polícia foi avisada e esteve no local em uma viatura do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), mas não conseguiu informações que levassem aos autores. O rapaz não tinha passagens pela polícia e o caso encontra-se envolto em mistério. Trata-se do 1º homicídio de julho e o quarto do ano em Jardim, cujo corpo foi trazido para ser necropsiado no IML (Instituto Médio Legal) de Juazeiro.
FONTE MISÉRIA

domingo, 27 de julho de 2014

Custo do VotoCeará: Deputados devem gastar até R$ 100 por cada eleitor

Malvinas News no AR Nosso portal de notíciasPOLÍTICAFoto: Diário do Nordeste


Se os bastidores da disputa majoritária fervilham, intensamente agitada também está a concorrência pelo voto proporcional, para a eleição dos representantes cearenses na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. O voto para deputado federal está cotado a R$ 100 e de estadual a R$ 80. Alguns dos atuais detentores de mandatos que já fizeram "investimentos" nas eleições de prefeitos e vereadores, em 2012, e que conseguiram liberar recursos das tais emendas parlamentares, compram por menos.

A economia marginal do período de eleição, com a movimentação de muitos milhões de reais, é um tema que as partes não querem comentar, diferentemente daquela lícita quando todos opinam e sobretudo o principal ator, o investidor, ressalta, inclusive, os benefícios sociais e os resultados favoráveis ao crescimento do Estado, advindos de suas aplicações. Nesta, ninguém esconde valores. Naquela, comprador e vendedor sequer querem ser conhecidos, talvez até, pelo fato de os seus efeitos serem maléficos, também, e principalmente, à ordem democrática que reclama eleições livres.

Com menor facilidade de arrecadação, em razão do controle, embora superficial da Justiça Eleitoral com amparo nos mecanismos de fiscalização da Receita Federal, candidatos ao Legislativo buscam socorro nas duas principais coligações que disputam o Governo do Estado.

Elas têm interesse em concentrar o maior número de aliados possíveis, mas não parecem tão fortalecidas para atenderem, sequer, suas próprias necessidades financeiras, imensas, é bom frisar, motivando, por isso, os descontentamentos e rompimentos anunciados de um e outro lado, justificados como sendo por razões meramente políticas e não pecuniária.

Mesmo com vantagens em relação aos demais candidatos, os atuais legisladores, para garantirem a reeleição, vão gastar, ou gastarão por eles, valores bem mais expressivos do que os anunciados para a Justiça Eleitoral, irreais, enfatize-se, pois muito aquém do reclamado para qualquer daqueles que queiram ter postulação competitiva. Nessa faixa está um grupo de pelo menos 13 deputados federais, todos com aguerridos prefeitos à caça de votos.

Os nove outros vitoriosos, ao fim da disputa, terão ido ao mercado, sujeitando-se ao preço da praça, fazendo o mandato beirar os R$ 5 milhões, excetuando-se os majoritariamente votados na Capital onde, diferentemente do Interior, nenhum cabo eleitoral pode estabelecer a quantidade de sufrágios "de cabresto" a entregar.

Expressivos

Luizianne Lins, Moroni Torgan e Inácio Arruda se incluem na relação dos prováveis vitoriosos, cujas despesas ficarão aquém dos demais, diferente de outros como Adail Carneiro, Moses Rodrigues e Leônidas Cristino, cuja votação é quase toda ela interiorana conquistada com o concurso do dinheiro que possa ser transformado em mimo para o eleitor levado pelo cabo eleitoral indutor do direcionamento do voto para o pagante.

A propósito do Colégio Eleitoral de Fortaleza, está sendo esperado uma boa disputa entre Luizianne e Moroni sobre quem será o mais votado, em razão das disputas municipais direta ou indiretamente que travaram nas últimas eleições para prefeito da Capital. Os dois vão ter votos no Interior, mas nunca expressivos quanto aos de Fortaleza.

Luizianne, porém, está mais preocupada, parece, é em ser a mais votada dentro do PT para mostrar ao seu concorrente direto, José Guimarães, ser ela a principal expoente da agremiação no Ceará, posição que disputam há um certo tempo, daí estarem em campos opostos.

Vitaliciedade

O vice-governador Domingos Filho (até agora não há notícia de sua desfiliação do PROS) ainda prestaria melhor serviço ao Ceará se continuasse militando na política, como o faz, há décadas, do que sendo conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), missão muito nobre para quem se despoja de todas as ligações políticas, condição nada fácil para ele, nascido e criado na política (o seu pai foi deputado estadual e prefeito de Tauá) e a adota, até hoje, como sua principal atividade desde a maioridade, sendo exemplo na família.

O governador Cid Gomes, também, poderia evitar, deixar na história, o registro de ter indicado um nome para o TCM por uma única razão: satisfazer interesses de acomodação política, incluindo mais, a criação de um cargo de direção na Agência Reguladora do Estado há seis meses do fim do Governo, para cumprir acordos de eleição.

O TCM ainda não tem um auditor no quadro de conselheiros, como impõe a Constituição cearense desde 1989. O governador bem que poderia indicar um desses profissionais. Roberto Cláudio (PROS), quando presidente da Assembleia, preferiu indicar para um cargo de conselheiro daquela Corte de Contas, depois da desistência do deputado Heitor Férrer (PDT), um profissional do direito Hélio Parente, ligado a seu grupo político sim, mas por questões profissionais e não eleitorais.
FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE

Papa pede paz em Ucrânia, Oriente Médio e Iraque neste domingo Apelo foi feito em discurso posterior à oração Ângelus. Francisco também lembrou do centenário do início da 1ª Guerra Mundial.

Malvinas News no AR Nosso portal de notíciasINTERNACIONALPapa Francisco fala durante a oração Ângelus neste domingo (Foto: Reuters/Alessandro Bianchi)


  Papa Francisco fala durante a oração Angelus neste domingo (Foto:  Reuters/Alessandro Bianchi)O papa Francisco fez um apelo neste domingo (27) para que as sociedades e as autoridades da Ucrânia, Oriente Médio e Iraque cessem os confrontos através de "um diálogo paciente e corajoso" em prol da paz.
"Peço-vos, de todo o coração: por favor, parem (os ataques). É tempo de parar", exclamou o pontífice em discurso posterior à oração do Ângelus.
Francisco também lembrou diante de milhares de fiéis na Praça de São Pedro, no Vaticano, que nesta segunda-feira se completa o centenário do início da Primeira Guerra Mundial.
Da janela do Palácio Apostólico, o papa classificou aquela guerra como um "trágico evento" que, disse, é preciso ser lembrado para trazer ao presente "as lições da história, fazendo com que prevaleça sempre a paz".
Neste sentido, Francisco dirigiu palavras às pessoas que vivem na Ucrânia, no Iraque e no Oriente Médio.
"Peço que se unam em minha prece para que o Senhor conceda às populações e às autoridades destas regiões a sabedoria e a força necessárias para que seja obtido com determinação o caminho da paz", disse.
"Que no centro de cada decisão, não se ponha o interesse particular, mas o bem comum e o respeito a cada pessoa. Lembremos que tudo se perde com a guerra e nada se perde com a paz", acrescentou.
Francisco citou a dor das pessoas que vivem em guerra e focou na situação das crianças.
"Penso sobretudo nas crianças de quem tiram a esperança de ter um futuro. Crianças mortas, feridas, mutiladas, órfãs, que têm como brinquedo materiais bélicos", frisou.
FONTE: G1 INTERNACIONAL

Sem Clima Eleitoral Candidatos enfrentam desmotivação da população

Malvinas News no AR Nosso portal de notíciasPOLÍTICA(Foto: Diário do Nordeste


Após três semanas de campanha eleitoral nas ruas, candidatos ao Governo do Estado avaliam que a população ainda está começando a despertar para o clima eleitoral deste ano. Citando a Copa do Mundo como um dos motivos que retardaram esse início de campanha, postulantes ao Executivo cearense tentam romper a apatia do eleitor através de agendas na Capital e Interior.

O pleiteante do PSOL, Ailton Lopes, afirma que o eleitorado é pouco simpático a campanhas milionários e carros de som com jingles dos candidatos. "A nossa campanha tem sido muito bonita e estamos conversado com as pessoas sobre a política como transformação social", aponta. "Temos visitado canteiros de obras, atos de protestos contra violência policial", completa.

Ailton Lopes ressalta que amanhã vai participar da agenda dos professores da rede municipal em greve. Na última sexta-feira, o PSOL inaugurou o comitê do candidato, em Fortaleza. Nesta semana, Ailton já visitou agências bancárias de Quixeramobim e assentamentos em Ibaretama, panfletou na Universidade Estadual do Ceará (Uece), participou de ato em solidariedade ao povo palestino e realizou caminhadas no bairro Montese, dentre outras atividades.

O postulante do PSOL cumpriu ontem atividade de campanha com a militância de Camocim. Para hoje está prevista uma visita a XX Regata Ecológica de Canoas de Tatajuba e amanhã participa de reuniões organizativas da campanha.

O petista Camilo Santana, que também disputa o Governo do Estado com o apoio do grupo de Cid Gomes (PROS), reuniu-se terça-feira passada com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e 37 vereadores que apoiam sua candidatura, participou de caminhadas nos municípios de Poranga, Ipaporanga, Monsenhor Tabosa, Catunda e Tamboril, Pires Ferreira, Graça e outras localidades, além de participar de agenda do Halelluya.

Icapuí

Camilo Santana ainda promoveu outras caminhadas ontem, passando por São João do Jaguaribe, Tabuleiro do Norte, Ocara e Icapuí. A maioria dos encontros tem ocorrido com os demais candidatos da chapa majoritária: Izolda Cela (vice) e Mauro Filho (Senado). Antes, em Fortaleza, ele com sua companheira de chapa Izolda Cela e o candidato ao Senado, Mauro Filho, estiveram com empresários do comércio, ao fim de tal encontro, anunciou desse recebido a adesão daquele segmento.

Eunício Oliveira (PMDB), candidato à sucessão estadual, está finalizando detalhes da estrutura para a eleição. O vice-prefeito de Fortaleza e coordenador da campanha, Gaudêncio Lucena, do mesmo partido de Eunício, destaca que a população só começou a ficar atenta às eleições após a Copa do Mundo, encerrada em 13 de julho.

"Da semana passada para cá, as pessoas começaram a despertar para o processo eleitoral. Agora, a partir desta semana, a divulgação da pesquisa eleitoral aflorou o desejo de a população participar", ressalta Gaudêncio, acrescentado que a sede do comitê da candidatura de Eunício só será inaugurado na próxima quinta-feira à noite.

Nesta semana, Eunício Oliveira gravou as inserções para a propaganda eleitoral que será veiculada no rádio e na televisão e fez caminhadas nos municípios de Santana do Cariri, Juazeiro do Norte, Barbalha e Independência. Gaudêncio diz que a chapa dará atenção especial a Fortaleza e Região Metropolitana por conta na densidade eleitoral.

Interior

O coordenador da campanha de Eliane Novais na corrida para o Governo Estadual, Sérgio Novais, presidente do PSB cearense, diz que o grupo só vai intensificar as viagens ao Interior na segunda quinzena de agosto. "A priori vamos concentrar atividades em reuniões, visitas a entidades e espaços públicos, como Mercado Central e Passeio Público. Vamos cobrir toda a cidade (Fortaleza) nos próximos 30 dias", garante, enfatizando que considera normal que a campanha só fique mais movimentada a partir do próximo mês.

A candidata Eliane Novais inaugurou o comitê da campanha na sexta-feira, 25 de julho. Na última semana, a deputada fez panfletagem na porta da Cagece, foi ao evento religioso Halelluya e à solenidade de homenagem ao Dia do Comerciante e visitou o Mercado Central, dentre outras agendas.
FONTE DIÁRIO DO NORDESTE

sábado, 26 de julho de 2014

Morre o astrônomo Ronaldo Rogério Mourão, aos 79 anos

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
NACIONAL
(Foto: Reprodução / Blog Astronomia & Universo


Morreu na noite desta sexta-feira o astrônomo Ronaldo Rogério de Freitas Mourão, de 79 anos. Ele estava internado no Hospital Quinta D´or desde sábado (19) com pneumonia dupla. O astrônomo também sofria do Mal de Parkinson. Há cerca de duas semanas, Mourão sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

Fundador do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) e pesquisador e sócio titular do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IGHB), Ronaldo Rogério de Freitas Mourão ficou conhecido como uma das maiores autoridades em astronomia do Brasil. O astrônomo, que publicou seus primeiros artigos de divulgação científica na revista Ciência Popular, em 1952, possui quase cem livros publicados e mais de mil ensaios publicados em livros, revistas e jornais.

Entrou em 1956 para Universidade do Estado da Guanabara (atual UERJ), onde obteve, em 1960, os títulos de Bacharel e Licenciado em Física pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras. Foi nomeado em setembro de 1956 Auxiliar de Astrônomo do Observatório Nacional, quando ainda cursava a universidade. Em 1960, publicou o seu primeiro livro: Astronomia Popular, edição especial da revista Ciência Popular.

Em julho de 1967, obteve o título de doutor pela Universidade de Paris com menção "Très Honorables". Em dezembro desse ano voltou para o Brasil, reassumindo suas funções como astrônomo no Observatório Nacional e de Pesquisador no Conselho Nacional de Pesquisa. Em março do ano seguinte foi nomeado Astrônomo-Chefe da Divisão de Equatoriais.

Suas principais contribuições astronômicas foram efetuadas no campo das estrelas duplas, asteróides, cometas e estudos das técnicas de astrometria fotográfica. Em janeiro de 1997, foi agraciado pelo Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo com o colar do centenário e o respectivo diploma, como destaque cultural do ano de 1996. Em março de 1999, tomou posse na Academia Luso-Brasileira de Letras, na cadeira 38, que tem como patrono Gregório de Matos. Em junho do mesmo ano, foi eleito membro da Academia Brasileira de Filosofia, na cadeira 41, que tem como patrono Roberto Marinho de Azevedo.

Ao lançar "O livro de ouro do universo", em 2001, mais uma obra sobre sua especialidade, o astrônomo acabou revelando que é cético em relação às previsões dos astros. Durante uma entrevista, o cientista surpreendeu ao comentar sobre a astrologia:

— É claro que os astros não mentem jamais. Eles não dizem nada mesmo — disse.

O secretário Marcelo Belo David, que trabalhou com ele por 31 anos, ressaltou que Rogério Mourão é considerado um ícone na história da astronomia brasileira.

— Ele era uma pessoa muito humana e maravilhosa. Fez muita coisa pelo Brasil. Abriu mão de sua carreira internacional para se dedicar a astronomia brasileira, um de seus grandes sonhos — contou.

Mourão deixa quatro filhos e dois netos. O corpo do astrônomo será enterrado às 15h no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, e está sendo velado na sala E.

FONTE: O GLOBO

Guru do sexo de 90 anos faz sucesso com respostas diretas na Índia Mahinder Watsa "abre o jogo" com leitores em coluna diária que virou 'cult' na Índia.

Malvinas News no AR Nosso portal de notíciasINTERNACIONALA coluna diária de Mahinder Watsa tornou-se um cult na Índia, onde a educação sexual é um assunto polêmico (Foto: BBC)


A coluna diária de Mahinder Watsa tornou-se um cult na Índia, onde a educação sexual é um assunto polêmico (Foto: BBC)O país que deu ao mundo o Kama Sutra aprende sobre sexo com um senhor de 90 anos. A coluna diária de Mahinder Watsa, franca e engraçada, tornou-se cult na Índia, onde a educação sexual é um assunto polêmico.
"Sexo é uma coisa alegre", diz Watsa "mas alguns escritores lidam com isso de forma médica e séria."
Como colunista nos últimos 50 anos, Watsa deixa o leitor à vontade, em vez de ir pelo caminho científico ou moral. Suas respostas são curtas e vão direto ao ponto - ocasionalmente agressivas, muitas vezes hilárias. "Estou falando a língua deles."
P: Há dois dias, eu tive relações sexuais sem proteção com minha namorada. Compramos uma "pílula do dia seguinte" mas, no calor do momento, eu tomei no lugar dela. Isso pode me causar complicações?R: Da próxima vez, por favor, use camisinha e certifique-se que você não vai engolir isso também.P: Depois de fazer sexo quatro vezes por dia, fico fraco no dia seguinte. Por cerca de cinco minutos, minha visão fica branca e não consigo ver nada. Por favor, ajude-me.R: O que você esperava? Gritos de "Viva" e "Eu sou um campeão" por toda a cidade?
P: É seguro dormir com o pênis dentro da vagina?R: Normalmente, quando o pênis retorna ao estado flácido, desliza para fora da vagina. Mesmo se não o fizer, fique tranquilo, que a vagina não vai comê-lo de café da manhã.
Virgindade
Watsa recebe cerca de 60 cartas e e-mails por dia e responde a todas. Acha que já respondeu a mais de 35 mil perguntas.
Ele foi convidado a escrever uma coluna estilo "Querido Doutor" nos anos 1960 por uma revista feminina (Trend). Tinha quase 40 anos e se formara recentemente como médico. "Não tinha muita experiência, confesso."
Nos primeiros meses, as perguntas eram de medicina em geral – sobre pediatria e coisas do tipo - mas começaram a chegar cartas de jovens mulheres de locais distantes com problemas.
Contavam que um tio ou um alguém mais velho havia abusado delas quando eram adolescentes e temiam não se casarem por terem perdido a virgindade.
"Muitas sugeriam que cometeriam suicídio", disse Watsa. "Um hímem intacto é muito importante nessa parte do mundo."
Tudo que ele podia fazer era aconselhá-las a não entrar em pânico no dia do casamento."Não se preocupe, seu marido não vai perceber."
Hoje em dia, Watsa é bem mais direto. Ele explica que o hímen pode romper ao fazer o exercício físico ou com masturbação, o que não podia fazer na época.
O especialista percebeu que muitos dos problemas dos leitores decorriam de falta de educação sexual, o que acabou tornando a conscientização sobre o sexo um objetivo de sua vida, primeiro por meio da Associação de Planejamento Familiar da Índia (FPAI, sigla em inglês) e, posteriormente, da sua própria organização, o Conselho Internacional de Educação Sexual e Familiar (CSEPI, sigla em inglês). Enquanto isso, continuava escrevendo.
Recebe cartas sobre hímen rompido até hoje. "Infelizmente, o tema ainda é muito forte." Os homens que escrevem para lançar dúvidas sobre a virgindade da sua parceira recebem pouca atenção.
P: Minha namorada e eu temos 22 anos de idade. Tivemos relações sexuais há alguns meses, pela primeira vez, mas ela não sangrou. Como posso identificar se ela é virgem? R: É dessa maneira que você ama sua namorada? Você é uma pessoa suspeita. Você nunca ouviu falar que existem várias outras maneiras pelas quais o hímen pode romper, como ao praticar um esporte?
Watsa tampouco tem papas na língua com aqueles mais preocupados com o tamanho do seu órgão sexual.
P: Tenho um pênis pequeno e não consigo satisfazer minha namorada. Meu astrólogo me aconselhou a puxá-lo todo dia por 15 minutos, enquanto faço uma oração. Venho fazendo isso há um mês e não tem ajudado. O que devo fazer?R: Se isto fosse correto, a maioria dos homens teria o pênis no joelho. Deus não ajuda homens ingênuos, bobos. Vá a um especialista em sexualidade que lhe ensine a arte de fazer amor.
A coluna diária de Mahinder Watsa tornou-se um cult na Índia, onde a educação sexual é um assunto polêmico (Foto: BBC)'Obscenidade'
A coluna diária de Mahinder Watsa tornou-se um cult na Índia, onde a educação sexual é um assunto polêmico (Foto: BBC)Por anos, Watsa escreveu para revistas femininas e masculinas e websites, mas em nenhuma publicação seus escritos fizeram mais sucesso que no Mumbai Mirror. Há dez anos, quando tinha 80 anos de idade, ele iniciou a coluna "Pergunte ao Sexpert", a primeira coluna diária em um jornal indiano que abordou as inquietações sexuais dos leitores.
"Até começarmos a coluna, a mídia indiana raramente usava palavras como pênis e vagina", diz Meenal Baghel, editora do jornal. A iniciativa imediatamente atraiu muita atenção, e nem sempre positiva.
Baghel teve de lidar com acusações de obscenidade e mensagens de ódio, mas achava que os benefícios de publicar a coluna valiam a pena. "Ele é, sem dúvida, a estrela do jornal", diz a editora.
Ela sabe de cor a sua resposta favorita de Watsa a um leitor. "Alguém perguntou a ele se o pênis pode encolher devido à masturbação repetida. Sua resposta foi: você fala muito, sua língua encolheu?"
Com criatividade e paciência infinitas, Watsa encontra novas maneiras de responder às mesmas perguntas feitas há décadas.
Muito de seu trabalho envolve algo conhecido como "dar permissão"- tranquilizar as pessoas de que seu comportamento sexual é normal e inofensivo. "O problema ainda é masturbação", diz Watsa.
Homens ansiosos questionam se a masturbação vai levá-los a perder a força, o cabelo ou a capacidade de ter filhos. A ideia de que a perda de sêmen é prejudicial para a saúde de um homem é reforçada por sistemas de crenças tradicionais.
Ele também testemunhou grandes mudanças. "Há trinta anos, poucas mulheres me escreviam. Agora, são muitas." E elas não têm apenas questões práticas sobre como engravidar ou não: nos últimos anos, começaram a perguntar sobre satisfação sexual e masturbação. Ele responde com o mesmo humor.
P: Minha amiga acha que seus seios estão ficando maiores por causa da masturbação. Isso é possível?R: Não. Ela acha que o clitóris é uma bomba de ar?
Apesar destes sinais de emancipação das mulheres, Watsa diz que ainda fica ocasionalmente chocado com o que suas leitoras aguentam. "Quando elas escrevem sobre o abuso sexual, tortura e o que seus maridos fazem com elas quando estão bêbados eu me preocupo", diz.
Watsa também lamenta o fim das grandes famílias onde várias gerações viviam sob o mesmo teto. "Havia sempre tias ou avós que poderiam explicar as coisas para os casais mais jovens", diz ele. "Agora ninguém está lá para explicar como funciona o sexo. Ouço falar de um monte de casamentos não consumados."
Casamentos arranjados entre pessoas que não se conhecem ainda são comuns, diz Watsa. "Eles esperam consumar um casamento de imediato, mas no Kama Sutra há uma parte que diz que se leva de quatro a cinco dias para fazer amigos e entender uns aos outros", diz.
Para um estudo acadêmico, a ginecologista e militante Suchitra Dalvie analisou mais de 500 cartas recebidas por Watsa em um período de quatro meses. Quando ela apresentou as suas conclusões em uma conferência em Pequim, o público ficou fascinado pelas contradições da Índia.
Todos conheciam o país como a "terra mística do Kama Sutra" - o antigo texto sânscrito sobre a arte do amor e do prazer sensual - e ficaram surpresos ao saber sobre o nível rudimentar de educação sexual ou mesmo sobre a discussão clara sobre sexo no país.
A coluna de Watsa é um dos tratamentos mais francos sobre o assunto há 2 mil anos.
FONTE G1 INTERNACIONAL

Bebê nasce após morte da mãe em Gaza Mãe morreu em um ataque aéreo israelense na Faixa de Gaza; bebê nasceu prematuro.

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
INTERNACIONAL
Bebê nasce em Gaza após morte da mãe (Foto: BBC)


Bebê nasce em Gaza após morte da mãe (Foto: BBC)Um bebê prematuro nasceu após a morte da mãe em um ataque aéreo israelense em Gaza.
O médico disse que a criança tem iguais chances de viver e de morrer.
Mais de 800 pessoas foram mortas em Gaza desde que Israel iniciou sua ofensiva militar no dia 8 de julho, com o objetivo declarado de impedir os disparos de foguetes do Hamas contra seu território, e diz ter descoberto uma rede de túneis usados pelo grupo militante para supostamente se infiltrar em território israelense.
Pelo menos 35 israelenses (ao menos dois deles civis) e um tailandês, atingido por um foguete palestino, também perderam a vida na onda de violência até agora.
FONTE: G1 INTERNACIONAL

Procuradoria contesta e candidatura de Maluf será julgada pelo TRE Ação proposta precisa passar por análise do Tribunal Regional Eleitoral. Assessoria de Maluf diz que Lei da Ficha Limpa não impede candidatura.

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
POLÍTICA
Paulo Maluf nas eleições 2012.(Foto: Arquivo/William Volcov/AE)


O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) votou na manhã deste domingo (28) na Faculdade de Engenharia de São Paulo, na Zona Sul da capital paulista (Foto: William Volcov/AE)A Procuradoria Regional Eleitoral impugnou em 23 de julho o registro da candidatura do deputado federal e ex-prefeito de São Paulo Paulo Salim Maluf (PP). Caberá agora ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) julgar se o registro da candidatura será deferido.
A ação foi baseda no argumento de que Maluf está inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa por ter sido condenado por improbidade administrativa no processo que trata da construção do Túnel Ayrton Senna quando ele era prefeito da capital paulista.
A assessoria do deputado afirma que a lei da Ficha Limpa não impede sua candidatura.
Segundo o Tribunal Regional Eleitoral, impugnações são contestações à validade do registro do candidato e não significam indeferimento do registro. Os argumentos apresentados pelo impugnante e candidato serão analisados pelo TRE-SP no julgamento do registro de candidatura.

A assessoria de Maluf rebate o argumento da Procuradoria. "Para ser impedido pela Lei da Ficha Limpa é necessário que a condenação por improbidade administrativa tenha as seguintes caracteristicas de forma cumulativa: proferida por orgão colegiado; determine a supensão dos direitos politicos; que o ato tenha sido praticado na modalidade dolosa; que o ato importe em prejuizo ao erário; e, que o ato cause enriquecimento ilícito do agente público", informou a assessoria.

"A ausência de qualquer uma dessas características faz com que a condenação não se enquadre na Lei da Ficha Limpa. No caso em questão, Paulo Maluf não foi condenado por ato doloso nem por enriquecimento ilicito", diz a assessoria do deputado.
FONTE: G1 SP

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Primo de Bruno diz saber onde está o corpo de Eliza Samúdio "O corpo está em um sitiozinho em Belo Horizonte", revelou Jorge Rosa em entrevista à rádio

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
NACIONAL/POLÍCIA
FOTO DIVULGAÇÃO AGÊNCIA BRASIL


Primo de Bruno diz saber onde está o corpo de Eliza SamúdioEm entrevista à Rádio Tupi do Rio de Janeiro, Jorge Rosa Sales, primo do goleiro Bruno, ex-Flamengo, contou detalhes sobre o assassinato de Eliza Samúdio, pelo qual o jogador hoje está preso e disse saber aonde foi enterrado o corpo da vítima.

Acusados de sequestrar e matar Eliza, mãe de seu filho e que até hoje não foi encontrada, Bruno e o amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, estão presos desde 2010. No ano passado, o ex-goleiro foi condenado a 22 anos e três meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado.

Na entrevista, Sales explicou que Eliza foi asfixiada por Macarrão na casa de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola e que ao contrário do que se especulava, não foi esquartejada - teve a mão cortada. Bruno não teria conhecimento dos planos de assassiná-la.

"O corpo está  em um sitiozinho em Belo Horizonte, antes de chegar no aeroporto de Confins, em uma estrada de chão, deserta. Não tem movimento, é um lugar praticamente abandonado. Ele está enterrada nesse sitiozinho", diz o primo do goleiro, que teria segurado o bebê de Bruno durante o ato e teria ajudado a jogar areia no buraco aonde foi atirado o cadáver.

Sales já havia contado outras versões sobre o caso anteriormente e afirmou só ter revelado a história verdadeira agora por medo de também ser assassinado por Bola, a quem chamou de ‘psicopata'. De acordo com Jorge, Sérgio Rosa Sales, também seu primo, teria sido morto depois de participar da reconstituição do crime.

FONTE: MSN BRASIL

Após receber uma injeção letal Condenado à morte agoniza por quase duas horas em execução

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
INTERNACIONAL
Foto: AP


Um condenado à morte agonizou durante quase duas horas nessa quarta-feira, após receber uma injeção letal durante uma execução no Arizona, sudoeste dos Estados Unidos, informou a promotoria estadual.

Joseph Wood, condenado por matar em 1989 sua ex-namorada e o pai da mulher, foi declarado morto às 15h49 locais (19h49 de Brasília) na cidade de Florence, quase duas horas após receber a injeção letal, às 13h52 (17h52), revelou o porta-voz da promotoria, Tom Horne.

Esta execução particularmente longa, já que em geral os condenados morrem em cerca de dez minutos, foi efetuada em meio a uma polêmica nos Estados Unidos em torno da eficácia e da origem dos produtos utilizados nas execuções.

"Levou duas horas para que Joseph Wood morresse, e ele lutou para respirar por cerca de uma hora e quarenta minutos", afirmou Dale Baich, advogado do executado, em um comunicado apresentado depois.

O advogado disse que Wood tinha recebido uma mistura de duas drogas: midazolam combinada com hidromorfona, um derivado da morfina. Mas esse coquetel experimental "falhou."

"O Arizona parece ter se juntado a vários outros estados irresponsáveis em um horror que era absolutamente previsível", denunciou Baich.

Wood, de 55 anos, foi condenado à pena de morte por ter matado a tiros em 1989 sua ex-namorada Debbie Dietz, de 29 anos, e seu pai Gene, de 55.

Nas últimas 24 horas, Wood havia apresentado vários recursos e apelado inclusive à Suprema Corte dos Estados Unidos pela falta de informações sobre o procedimento de injeção letal usado neste Estado.

Wood havia criticado os riscos de sofrimento inconstitucionais que poderia correr durante sua execução, na ausência de informações sobre os produtos utilizados e sobre a formação dos responsáveis pela aplicação da injeção letal.

O Arizona se limitou a indicar que Wood seria executado com os mesmos produtos utilizados em outra polêmica execução realizada em janeiro no estado de Ohio (norte). Durante aquela execução, o condenado se debateu e gemeu durante 26 minutos.

A execução de Wood foi a 26ª deste ano nos Estados Unidos, e a primeira no Arizona desde outubro de 2013. Neste estado, 37 condenados foram executados desde 1992.
FONTE AP

Morre aos 87 anos o escritor Ariano Suassuna, o cavaleiro do sertão

Malvinas News no AR Nosso portal de notícias
NACIONAL
(Foto: Leonardo Aversa / Agência O Globo


O escritor paraibano Ariano Suassuna morreu nesta quarta-feira, aos 87 anos. Ele estava internado no Real Hospital Português, em Recife, Pernambuco, desde segunda-feira, depois de sofrer um acidente vascular cerebral hemorrágico. O autor passou por uma cirurgia de emergência, acabou entrando em coma e não resistiu. Integrante da Academia Brasileira de Letras, Suassuna teve seis filhos e 15 netos. Defensor da cultura popular brasileira, era um dos maiores dramaturgos do país, além de autor de romances e poemas.

No dia 21 de agosto do ano passado, ele foi atendido no mesmo hospital por causa de um infarto, “com comprometimento cardíaco de pequenas proporções”. Uma semana depois, passou mal e voltou a ser internado, sendo submetido a uma arteriografia para corrigir um aneurisma que vinha lhe provocando fortes dores de cabeça.

Nascido em 16 de junho de 1927 em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa, capital da Paraíba, Ariano Vilar Suassuna era filho de João Suassuna, então governador de seu estado natal. Com o fim do mandato, um ano depois, toda a família se mudou para o interior.

O velho contador de histórias do sertão tinha apenas 3 anos quando um fato trágico marcou sua infância. No desenrolar da Revolução de 1930, um pistoleiro de aluguel assassinou seu pai com um tiro pelas costas, numa rua do Rio de Janeiro.

O assassinato foi motivado por boatos que apontavam o patriarca da família Suassuna como mandante da morte de João Pessoa, seu sucessor no governo, fato que serviu de estopim para a revolução. Um ambiente assim, com dívidas de sangue e rivalidade entre famílias, cobrava dos órfãos a vingança. Mas, um dia antes de ser assassinado, João Suassuna deixou uma carta aos nove filhos pedindo que eles não se tornassem assassinos por sua causa.

UMA BIBLIOTECA DE HERANÇA

Ariano Suassuna obedeceu. Em vez disso, dizia estar perto de perdoar os criminosos que mataram seu pai. A mãe e viúva também ajudou, ao dizer que o pistoleiro responsável pelo crime já havia morrido (era mentira). Com a tragédia, a família mudou-se para a pequena cidade de Taperoá, no interior da Paraíba. E Ariano herdou a biblioteca do pai, onde encontrou livros importantes para sua formação. Um dos mais importantes, sem dúvida, foi “Os sertões”, de Euclides da Cunha. A obra lhe apresentou um dos personagens que mais marcaram sua vida: Antônio Conselheiro, profeta e líder de Canudos.

Em 1942, Suassuna foi para Recife concluir o ensino básico. Anos depois, na faculdade de Direito, ajudou a fundar o Teatro do Estudante de Pernambuco. Em 1947, encenou sua primeira peça: “Uma mulher vestida de sol”. Nove anos depois, levaria aos palcos seu texto mais conhecido, “Auto da Compadecida”, que ganharia adaptações na TV e no cinema.
Foto: Divulgação/Nelson di Rago
Por causa do teatro, deixou o Direito de lado seis anos após ter se formado. O romance surgiu mais tarde em sua vida. Em 1971, Ariano Suassuna lançou seu “Romance d’a pedra do reino e o príncipe do sangue vai-e-volta”, com nome comprido como seus cordéis tão adorados e pensado para ser uma trilogia. Com o livro, o escritor avança em relação à literatura regionalista dos anos 1930, representada por João Guimarães Rosa e José Lins do Rego. Mais tarde, Ariano Suassuna diria que “A pedra do reino” era, de certa forma, uma tentativa de trazer seu pai de volta à vida.

Havia quem acusasse o escritor de lutar contra moinhos de vento: o escritor se apresentava como um defensor da cultura popular brasileira, contra a invasão da indústria cultural norte-americana. Falava mal de Madonna e Michael Jackson. Não à toa, quando foi secretário de Cultura do governo Miguel Arraes, nos anos 1990, tornou-se um ferrenho opositor do maracatu eletrônico e do manguebeat. Ele se recusava, por exemplo, a chamar Chico Science, o vocalista da Nação Zumbi, pelo nome artístico. Dizia “Chico Ciência”.

A defesa da cultura nacional, que muitas vezes lhe rendeu o rótulo de xenófobo, já vinha no sangue e no nome da família. Na onda nacionalista depois da Independência, em 1822, vários brasileiros adotaram nomes indígenas. Seu bisavô Raimundo Sales Cavalcanti de Albuquerque escolheu Suassuna, de origem tupi, e nome de um riacho da região onde a família vivia. Nos anos 1970, fazendo jus ao nacionalismo da linhagem, Ariano fundou o Movimento Armorial, que defendia a criação de uma cultura erudita com bases na cultura popular — e toda a sua obra orbita em torno desse ideal.

Em 1989, o sertanejo foi eleito para a cadeira de número 32 da Academia Brasileira de Letras, cujo patrono era Araújo Porto-Alegre. Sexto ocupante da cadeira, Suassuna nunca foi um imortal de frequentar os eventos da instituição. Era uma espécie de filho pródigo da ABL.

NOVA OBRA VINHA SENDO ESCRITA HÁ MAIS DE 20 ANOS

Para além de sua obra, o escritor paraibano ficou famoso também por dar aulas em que dissecava a cultura brasileira, as suas origens ibéricas, a tradição dos violeiros, dos cantadores, das rabecas, dos cordéis. Eram aulas-espetáculo. E a última foi na sexta-feira passada, no 24º Festival de Inverno de Garanhuns, a 230 quilômetros de Recife. O Teatro Luiz Souto Dourado ficou lotado, como sempre acontecia nesses eventos. Um dos motivos de tanto sucesso era o bom humor do escritor, uma de suas marcas. Não que tenha sido sempre assim. Suassuna atribuía o aparecimento do humor em sua vida ao encontro com Zélia, sua mulher há mais de 50 anos. Para Suassuna, ela havia “desatado alguma coisa” dentro dele. “O riso a cavalo e o galope do sonho são as duas armas de que disponho para enfrentar a dura tarefa de viver”, escreveu em “A pedra do reino”.
Foto: Agência O Globo/Josenildo Tenório/6-3-2000
Ariano Suassuna trabalhava em um novo livro havia mais de 20 anos, e dizia estar longe de terminar. Não era para menos. Seu processo de criação era lento: escrevia e reescrevia, várias vezes, à mão. Depois, copiava para a máquina de escrever e, só então, corrigia. Era aí que o escritor passava tudo a limpo, novamente à mão. Às vezes, descartava todo o material e voltava ao começo do processo. Como ilustrava os próprios livros e ainda parava para dar suas famosas aulas-espetáculo pelo país, demorava mais ainda. Sem título, o romance seria a continuação de “A pedra do reino”.

Além do amor pela literatura, havia espaço para o futebol: seu time do coração era o Sport Club do Recife, que até o homenageou em seu uniforme em 2013 com uma frase que ele costumava repetir: "Felicidade é ser Sport". Suassuna tinha fama de pé quente.

Entre as muitas homenagens que recebeu, uma das que mais o marcaram foi o desfile da escola de samba Império Serrano, que levou para a avenida o enredo "Aclamação e coroação do imperador da pedra do reino Ariano Suassuna", em 2002. "Um escritor que ama o seu país não pode querer homenagem maior que esta", disse.

Em 2007, ele assumiu a secretaria de Cultura de Pernambuco a convite do governador Eduardo Campos, e chegou a ocupar outros cargos até deixar o governo recentemente, em abril de 2014.

O ano de 2007 também foi marcado pela celebração dos 80 anos do escritor em todo o Brasil. As homenagens o levaram a viajar de Norte a Sul do país. Uma epopeia para um homem que, além de apreciar o sossego, detestava avião. Mesmo assim, o apaixonado e muitas vezes polêmico defensor da cultura popular brasileira seguia adiante. Mas brincava: se soubesse que chegar aos 80 anos daria tanto trabalho, teria ficado nos 79.

Assista uma palestra do dramaturgo apresentada no TST no dia 18 de abril de 2012:
Homenagem do Malvinas News no Ar, ao escritor Ariano Suassuna o filme "O Auto da Compadecida"

FONTE G1 PE
 

VILAS UNIDAS

Programação Completa

Programação Completa
Realização: Associação doa Moradores,COMID, Comissão Administrativa da Capela de Nossa Senhora Aparecida - Apoio: Prefeitura Municipal de Barbalha, paróquia de São Vicente de Paulo, Amigos Virtuais Comunicação Visual e Malvinas News no AR

Fazer login

Facebook

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

OFERTAS

Novíssimo

COMUNICADO

LOGO

LOGO

CONTAGEM REGRESSIVA PARA COPA DE 2014

Brasil


Brasil - Graphics, Graficos e Glitters Para Orkut

Confira mais gráficos para Brasil em ScrapsWEB.com.br

AMIGOS VIRTUAIS

ÍOGO

ÍOGO

APRESENTAÇÃO

DATA DE CRIALÇAO

Postagens populares

Siga no Facebook

Windows Live Messenger + Facebook

Google +

Pesquisar este blog

Carregando...

Estamos no Twiter

Loading...

MALVINAS NEWS